Cotidiano

Após 20h, bombeiros controlam fogo que ameaçava casas em Porto Esperança

Bombeiros do Mato Grosso do Sul, Paraná e brigadistas do Prevfogo, estão atuando no combate direto aos incêndios do Pantanal, na cidade de Corumbá. Para moradores do distrito de Porto Esperança, situado a 365km  da Capital, o sábado (03) foi de medo, após as chamas se aproximarem das residências. O distrito fica 180 km de […]

Ranziel Oliveira Publicado em 05/10/2020, às 13h31 - Atualizado às 17h22

Incêndio florestal se aproximou das casas em Porto Esperança. (Foto: Divulgação/3ºGBM)
Incêndio florestal se aproximou das casas em Porto Esperança. (Foto: Divulgação/3ºGBM) - Incêndio florestal se aproximou das casas em Porto Esperança. (Foto: Divulgação/3ºGBM)

Bombeiros do Mato Grosso do Sul, Paraná e brigadistas do Prevfogo, estão atuando no combate direto aos incêndios do Pantanal, na cidade de Corumbá. Para moradores do distrito de Porto Esperança, situado a 365km  da Capital, o sábado (03) foi de medo, após as chamas se aproximarem das residências.

O distrito fica 180 km de distância do perímetro urbano de Corumbá, com o sinal de telefone fixo e móvel prejudicado na região, o pedido de socorro veio por WhatsApp, através do envio de mensagem e um vídeo. Uma moradora relatou que o fogo se aproximava da sua propriedade, aos fundos do seu quintal, segundo o site Diário Corumbaense.

Cerca de 20 horas de combate foram necessárias para controlar o incêndio. Os bombeiros também receberam apoio da comunidade local, que auxiliaram na formação de medidas de proteção como aceiros, para que os imóveis permaneçam longe do alcance das chamas. A área permanece sob monitoramento dos brigadistas do Ibama.

A brigada de incêndio da mineradora Vale, que atua na região e bombeiro civil contratado pela empresa, auxiliaram nos combates e aeronaves air tractor, que despejam água sobre os focos, deram apoio também.

Após 20h, bombeiros controlam fogo que ameaçava casas em Porto Esperança
Monitoramento continua na região (Foto: Divulgação/3ºGBM)

Fogo em rodovias

O combate e monitoramento aos focos de incêndio seguem em vegetações às margens das rodovias que permeiam os municípios de Corumbá e Ladário, e estradas vicinais BR-262, MS-359 (estrada que dá acesso a Baía Negra), MS-228 (Estrada Parque – Curva do Leque) MS-184 (Passo do Lontra), MS-432, MS-454, MS-195, MS-325 e MS-243 são importantes rotas de escoamento da produção agropecuária e segmentos ligados ao turismo. Nesses locais, os deslocamentos são realizados com caminhões pipa e bombeiros militares que estão fazendo frente aos focos de incêndio.

 Reforço

Militares do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina já estão em Corumbá. Eles se juntaram nesta segunda-feira às equipes que estão em campo combatendo os focos de calor.

Jornal Midiamax