Cotidiano

Apae inicia atendimento cirúrgico para crianças com comprometimento motor

Começaram, nesta segunda-feira (14), os atendimentos para crianças com comprometimento motor realizados pela APAE-CG.

Dândara Genelhú Publicado em 14/12/2020, às 17h34

Foto: Reprodução/ PMCG.
Foto: Reprodução/ PMCG. - Foto: Reprodução/ PMCG.

Começaram, nesta segunda-feira (14), os atendimentos para crianças com comprometimento motor. O CER-Apae (Centro Médico de Reabilitação da Apae de Campo Grande) realizou 12 atendimentos no Ambulatório de Cirurgia Ortopédica Pediátrica no primeiro dia de funcionamento.

O ambulatório é uma parceria entre a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Campo Grande, Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e o Humap (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian). Então, serão realizados procedimentos cirúrgicos para crianças que possuem algum tipo de comprometimento motor causado por alguma doença.

Assim, serão assistidas pelo ambulatório, crianças com paralisia cerebral, mielomeningocele, síndrome de down e outras. Além das cirurgias, serão oferecidas próteses e toxina botulínica, para os pacientes com maior comprometimento.

Contudo, as crianças que precisarem de cirurgias ortopédicas para continuar o tratamento serão atendidas pelo Humap. Além disto, todos os pacientes atendidos pelo ambulatório passarão por acompanhamento pré e pós cirúrgico. De acordo com a assessoria da Apae-CG, o acompanhamento será realizado por profissionais cedidos da Sesau. Fazem parte da equipe: ortopedistas pediátricos, fisioterapias, cardiologistas, neurologistas, terapeutas ocupacionais e outros profissionais.

No convênio, serão realizadas cirurgias desde o alongamento do tendão até correção de deformidades ósseas. Por fim, a expectativa é que sejam realizadas mensalmente 16 cirurgias ortopédicas pediátricas e 40 consultas. O convênio possui duração de seis meses. 

Jornal Midiamax