Cotidiano

Alunos do IFMS podem receber kits de alimentação escolar durante pandemia

Os alunos dos dez campi do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) devem receber kits de alimentação escolar durante o período de pandemia de coronavírus. Terão prioridade os alunos que estão em situação de vulnerabilidade social, insegurança alimentar e nutricional. Podem se inscrever para receber o kit de alimentação os estudantes dos cursos […]

Mylena Rocha Publicado em 07/07/2020, às 08h23

Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação / IFMS)
Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação / IFMS) - Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação / IFMS)

Os alunos dos dez campi do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) devem receber kits de alimentação escolar durante o período de pandemia de coronavírus. Terão prioridade os alunos que estão em situação de vulnerabilidade social, insegurança alimentar e nutricional.

Podem se inscrever para receber o kit de alimentação os estudantes dos cursos técnicos integrados e da modalidade Educação de Jovens e Adultos (Proeja) dos campi Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas. 

As inscrições podem ser feitas até 6 de agosto, na Página do Candidato da Central de Seleção do IFMS. Conforme o Instituto, caso o número de estudantes inscritos exceda a quantidade de kits disponíveis, terão prioridade alunos beneficiários do Bolsa Família, Vale Renda, Auxílio Emergencial ou BPC (Benefício de Prestação Continuada) ou alunos que residam em comunidades quilombolas ou indígenas. Aqueles que não se enquadrarem nos critérios de prioridade serão classificados conforme renda per capita, de acordo com o questionário socioeconômico.

Kits de alimentação

O Colégio de Dirigentes (Codir) do IFMS definiu que serão utilizados R$ R$ 334 mil, oriundos do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), para o atendimento de despesas com alimentação escolar para estudantes da educação básica durante o período de atividades não presenciais em virtude da pandemia.

A divisão dos kits entre os campi ocorrerá de acordo com o estabelecido pelas unidades, respeitando a matriz orçamentária do Coinf (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica).

A composição dos kits terá a quantidade de gêneros alimentícios calculada de acordo com as refeições que o aluno realizaria na instituição, em cumprimento das exigências do Programa e de acordo com a disponibilidade orçamentária. Deverá ser priorizada a aquisição de alimentos da agricultura familiar produzidos localmente. 

Confira o edital para solicitar o kit

Jornal Midiamax