Cotidiano

Agepen avalia nova suspensão de visitas em presídios de MS para evitar transmissão de coronavírus

Após ofício do Sinsap-MS (Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul), a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), informou nesta quarta-feira (23) que as unidades estão estudando individualmente a suspensão temporária de visitas presenciais. Em nota, a agência explicou que administração fez uma reunião, no final de n...

Karina Campos Publicado em 23/12/2020, às 13h13 - Atualizado às 14h56

(Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
(Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

Após ofício do Sinsap-MS (Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul), a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), informou nesta quarta-feira (23) que as unidades estão estudando individualmente a suspensão temporária de visitas presenciais.

Em nota, a agência explicou que administração fez uma reunião, no final de novembro, com todos os diretores de unidades penais do Estado para discutir a possibilidade de novamente suspender o atendimento.

“A direção da Agepen deixou a critério de cada diretor verificar a viabilidade de continuar ou não o procedimento, por conhecer de perto a realidade do local, bem como, os surtos da Covid-19 nos respectivos municípios. A medida visa dar celeridade na suspensão, quando estritamente necessária, além de ser uma forma de assegurar a saúde dos custodiados e servidores, bem como, conter a disseminação do coronavírus”, ressalta o comunicado.

No dia 16 de novembro, o órgão divulgou através do Diário Oficial, a suspensão temporária de visitas presenciais nos presídios de Amambai, Naviraí e Nova Andradina, válida por 16 dias, por conta do aumento do número de moradores infectados pela Covid-19 e índice de ocupação d eleitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tratar a doença no municípios.

Jornal Midiamax