Cotidiano

Agepan flagra micro-ônibus lotado em Dourados, epicentro do coronavírus

Uma fiscalização realizada pela Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS) na última sexta-feira (6) flagrou um micro-ônibus da empresa Maranata Transportes que fazia o trajeto Dourados – Douradina com excesso de passageiros. O flagra ocorreu no terminal rodoviário de Dourados, enquanto o veículo se preparava para sair ao destino, a cerca […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 09/06/2020, às 12h36 - Atualizado às 13h05

Foto: Divulgação | Agepan
Foto: Divulgação | Agepan - Foto: Divulgação | Agepan

Uma fiscalização realizada pela Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS) na última sexta-feira (6) flagrou um micro-ônibus da empresa Maranata Transportes que fazia o trajeto Dourados – Douradina com excesso de passageiros. O flagra ocorreu no terminal rodoviário de Dourados, enquanto o veículo se preparava para sair ao destino, a cerca de 40 km da cidade.

Devido ao excedente, a fiscalização reteve o veículo e determinou a substituição por veículo com maior capacidade para poder seguir viagem. O micro-ônibus levava 27 passageiros, sendo que seis deles viajavam em pé. Já irregular em condições normais, a lotação contraria orientações indicadas pela Agência como medida preventiva de contaminação do novo coronavírus. Para manter o distanciamento social adequado à segurança dos passageiros, o veículo só poderia transportar 11 pessoas.

As fiscalizações realizadas pela Agepan voltaram a ser intensificadas em 7 de maio, com ênfase no combate ao transporte clandestino e na verificação do cumprimento dos procedimentos de biossegurança a que as empresas legalizadas devem se submeter

Segundo as regras, tanto as concessionárias como os serviços autônomos do sistema só podem rodar se seguirem os protocolos orientados pelas autoridades de saúde, entre eles o de restringir a quantidade de pessoas no veículo à metade da capacidade, para evitar aglomeração, adoção de máscaras e higienização do veículo e de mãos.

De acordo com os dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Dourados segue na liderança em número de casos e de confirmações: os números desta terça-feira (9) trazem 61 confirmações na cidade, elevando o total para 674.

Jornal Midiamax