Cotidiano

Acordo permite repasse de máscaras e álcool gel a preço de custo no comércio

Um acordo envolvendo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor), AMAS-MS (Associação Sul-Mato-Grossense de Supermercados) e a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande) permitiu que o repasse de produtos como máscaras e álcool gel sejam vendidos a preço de custo. Durante entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (23), o superintendente do...

Vinícius Costa Publicado em 23/03/2020, às 17h30 - Atualizado em 24/03/2020, às 08h10

Foto Ilustrativa: Marcos Ermínio/Arquivo Midiamax
Foto Ilustrativa: Marcos Ermínio/Arquivo Midiamax - Foto Ilustrativa: Marcos Ermínio/Arquivo Midiamax

Um acordo envolvendo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor), AMAS-MS (Associação Sul-Mato-Grossense de Supermercados) e a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande) permitiu que o repasse de produtos como máscaras e álcool gel sejam vendidos a preço de custo.

Durante entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (23), o superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão destacou que esse acordo permitiu que a revenda fosse feita sem que prejudicasse o direito do consumidor.

Ainda na coletiva, Salomão destacou que alguns estabelecimentos estão com a falta dos produtos de higiene como álcool em gel e as máscaras, mas que possuem a garantia de que estarão sendo repostos nos próximos dias.

O superintendente afirmou que “não há necessidade de corrida aos supermercados para que seja feito os estoques de alimentos e produtos de higiene”. Para o Procon-MS, a busca incessante pelos produtos e o desabastecimento deles, poderá acarretar no aumento dos preços dos produtos.

Jornal Midiamax