Cotidiano

A cada 20 diabéticos infectados pelo novo coronavírus em MS, 7 morreram

O coronavírus tem causado mortes em Mato Grosso do Sul e por mais que o perfil das vítimas seja variado, os diabéticos ainda representam uma parcela significativa dos óbitos. Os diabéticos fazem parte da população de risco para Covid-19 e representam 38,2% das mortes em MS. Além disso, um dado que impressiona é que mais […]

Mylena Rocha Publicado em 01/09/2020, às 14h14 - Atualizado às 18h59

(Foto Ilustrativa: Henrique Arakaki)
(Foto Ilustrativa: Henrique Arakaki) - (Foto Ilustrativa: Henrique Arakaki)

O coronavírus tem causado mortes em Mato Grosso do Sul e por mais que o perfil das vítimas seja variado, os diabéticos ainda representam uma parcela significativa dos óbitos. Os diabéticos fazem parte da população de risco para Covid-19 e representam 38,2% das mortes em MS. Além disso, um dado que impressiona é que mais de um terço dos pacientes diabéticos infectados não resiste à doença.

Dados do portal da SES (Secretaria de Estado de Saúde) mostram que o coronavírus já matou 330 pacientes com diabetes no estado. Mato Grosso do Sul registrou um total de 862 óbitos no boletim divulgado na segunda-feira (31).

Desde o início da pandemia, MS registrou 918 pacientes diabéticos com coronavírus. A parcela de pacientes do grupo de risco que morreu é significativa: em média, cada 20 pacientes com diabetes infectados pela Covid-19, sete morreram. 

Dos infectados, 65 pacientes estão em isolamento com Covid-19 e 523 já se recuperaram. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes,  os diabéticos que estão no grupo de maior risco para evoluir com as formas mais graves da doença são aqueles com longa história de diabetes, mau controle metabólico, presença de complicações, doenças concomitantes e especialmente idosos, independentemente do tipo de diabetes. O risco de complicações pelo coronavírus é muito menor e quase igual ao das pessoas sem diabetes se os níveis de açúcar no sangue do pacientes estiverem controlados.

MS tem maior porcentagem de diabéticos do país

Informações do portal Monitora Covid-19, da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), mostram que em Mato Grosso do Sul, 9,1% da população adulta tem coronavírus. O estado tem a maior porcentagem de pacientes com diabetes no país. Em segundo lugar está São Paulo com 8,35% e em terceiro Rio Grande do Sul, com 7,99%.

A cada 20 diabéticos infectados pelo novo coronavírus em MS, 7 morreram
Fonte: SES

Outro dado preocupante em Mato Grosso do Sul é que a grande maioria dos pacientes diabéticos infectados pelo coronavírus é idosa, o que aumenta o risco de morte. No estado, pacientes idosos representam 60,6% dos diabéticos contaminados. Pacientes de 50 a 59 anos representam 22,3% dos infectados, enquanto pessoas de 40 a 49 anos representam 11,2% dos infectados. 

Jornal Midiamax