Cotidiano

Santa Casa suspende contrato de 42 jovens aprendizes durante pandemia

Cerca de 42 jovens aprendizes foram suspensos temporariamente dos serviços prestados na Santa Casa de Campo Grande, nesta quarta-feira (8), por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Em nota, a assessoria de comunicação do hospital ressaltou que não houve prejuízo na remuneração integral dos funcionários. Os pagamentos são feitos de forma escalonada, e neste […]

Karina Campos Publicado em 08/04/2020, às 16h28 - Atualizado às 16h34

(Foto: Divulgação | Santa Casa)
(Foto: Divulgação | Santa Casa) - (Foto: Divulgação | Santa Casa)

Cerca de 42 jovens aprendizes foram suspensos temporariamente dos serviços prestados na Santa Casa de Campo Grande, nesta quarta-feira (8), por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Em nota, a assessoria de comunicação do hospital ressaltou que não houve prejuízo na remuneração integral dos funcionários. Os pagamentos são feitos de forma escalonada, e neste momento de enfrentamento de Covid-19, não seria diferente. O pagamento está programado para ser depositado amanhã (9).

Os alunos da Seleta (Sociedade Caritativa e Humanitária), foram afastados do trabalho por orientação do Ministério da Saúde, como medida de reduzir a disseminação do vírus. “Os estagiários, aprendizes e trabalhadores adolescentes deslocam-se ordinariamente para os locais de trabalho, estágio e de aprendizagem profissional por meio de transporte coletivo público, onde há alto risco de contaminação”, justifica a nota técnica do Ministério do Trabalho.

Jornal Midiamax