Cotidiano

VÍDEO: Câmeras flagram mulher roubando gato em bairro chique

Uma mulher não identificada foi flagrada por câmeras de segurança roubando um gato filhote de dentro de uma residência, localizada na Rua Cerquilho, no bairro Vilas Boas. O furto ocorreu por volta das 11h30 da terça-feira (2). Conforme as imagens de segurança, a mulher observa o felino por alguns minutos e depois tenta atraí-lo até […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 03/04/2019, às 11h14 - Atualizado às 15h56

Família procura pistas sobre mulher que furtou o Tapioca (Foto: Reprodução)
Família procura pistas sobre mulher que furtou o Tapioca (Foto: Reprodução) - Família procura pistas sobre mulher que furtou o Tapioca (Foto: Reprodução)

Uma mulher não identificada foi flagrada por câmeras de segurança roubando um gato filhote de dentro de uma residência, localizada na Rua Cerquilho, no bairro Vilas Boas. O furto ocorreu por volta das 11h30 da terça-feira (2).

Conforme as imagens de segurança, a mulher observa o felino por alguns minutos e depois tenta atraí-lo até o muro de grades vazadas. Quando o gato se aproxima, ela o retira do local com as mãos e, na sequência, as imagens revelam a mulher seguindo normalmente pela rua, em sentido à Rua São Feliz, com o gatinho nos braços.

De acordo com a tutora do animal, a veterinária Mariana Vicenzi, um boletim de ocorrência será registrado na tarde desta quarta-feira (3). “Vou registrar só hoje à tarde porque a gente demorou a entender que o Tapioca tinha sido roubado. Primeiro achamos que ele tinha fugido e procuramos pelo bairro. Mas, só ontem à noite, por volta das 23h, acessamos as câmeras de segurança e vimos que essa senhora tinha tirado ele de dentro de casa”, conta a veterinária, que é mãe de duas filhas, de 11 e 8 anos.

“As meninas estão muito chocadas quando viram as imagens. A gente achava que o Tapioca tinha fugido, mas quando vimos que uma pessoa roubou, mudou tudo”, destaca.

VÍDEO: Câmeras flagram mulher roubando gato em bairro chique
Tapioca é macho, tem cerca de quatro meses, de cor branca e olhos azuis (Foto: Reprodução | Facebook)

Nesta manhã, a veterinária foi a estabelecimentos comerciais da região para saber se alguém conhecia a suspeita. Segundo ela, não houve confirmação, mas haveria possibilidade de que a mulher more nas proximidades, já que andava a pé.

“A gente não entende porque ela fez isso. Se ela quer um gatinho, eu dou, tenho vários para adoção. Queremos o Tapioca de volta, as meninas estão muito triste e aqui temos certeza de que ele é muito bem cuidado, pois sou veterinária. A gente pede que, se alguém reconhece a mulher, que entre em contato”, conclui.

Confira as imagens de segurança no vídeo abaixo:

Jornal Midiamax