Cotidiano

Projeto do MS para empoderamento feminino retoma as atividades

Com o objetivo de promover políticas de igualdade de gênero e desenvolver a cidadania de adolescente, iniciou o “Construindo Cidadania – Empoderando Meninas”, promovido pela SPPM (Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres) do Governo do Estado. Em sua última edição, cerca de 30 alunas da Escola Estadual Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, participaram do primeiro […]

Kamila Alcântara Publicado em 07/04/2019, às 14h16

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

Com o objetivo de promover políticas de igualdade de gênero e desenvolver a cidadania de adolescente, iniciou o “Construindo Cidadania – Empoderando Meninas”, promovido pela SPPM (Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres) do Governo do Estado.

Em sua última edição, cerca de 30 alunas da Escola Estadual Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, participaram do primeiro encontro do projeto com a temática: eliminação da violência contra meninas e mulheres.

O trabalho pretende despertar, nas participantes, a conscientização sobre a necessidade de identificar e eliminar todas as formar de discriminação e violência contra a mulher, além de sensibilizar os estudantes a respeito da violência de gênero.

“Retomamos o projeto em um momento difícil que estamos passando com tantos casos de feminicídio. Por isso trabalhar nas escolas é fundamental para que possamos ter jovens conscientes do que se caracteriza uma violência doméstica”, ressalta Giovana Correa Vargas, subsecretariada SPPM.

Segundo o Governo do Estado, o projeto é realizado em seis encontros com três temáticas, sendo essas: eliminação da violência contra meninas e mulheres; saúde da mulher e autoestima e liderança.

Na primeira temática, participa do projeto meninos e meninas, afirma a coordenadora do projeto, Bruna Oliveira. “Infelizmente a violência doméstica faz parte do cotidiano desses adolescentes, sendo uma pessoa da família ou uma vizinha, eles acabam se identificando”.

Desde a sua implantação, 307 jovens de Campo Grande foram capacitados. A Subsecretaria está levando o projeto para 43 municípios do estado que possuem OPMS (Organismos de Políticas Públicas para Mulheres). Mais informações sobre o projeto pelo telefone (67) 3316-9191.

Jornal Midiamax