Cotidiano

Prepare o casaco: terça amanhece com 11°C e Inmet alerta para nova onda de frio

Os moradores de Mato Grosso do Sul já estão ficando acostumados com o constante ‘bota casaco, tira casaco’. Isso porque no último mês as temperaturas mudaram com frequência e ondas de frio estão indo e voltando. O mais novo alerta do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), indica que as temperaturas cairão novamente e mínimas podem […]

Mariane Chianezi Publicado em 04/06/2019, às 06h00

(Foto: Arquivo Midiamax)
(Foto: Arquivo Midiamax) - (Foto: Arquivo Midiamax)
Prepare o casaco: terça amanhece com 11°C e Inmet alerta para nova onda de frio
Cena “bota casaco, tira casaco” do filme Karatê Kid, em 2010 | Imagem: Reprodução

Os moradores de Mato Grosso do Sul já estão ficando acostumados com o constante ‘bota casaco, tira casaco’. Isso porque no último mês as temperaturas mudaram com frequência e ondas de frio estão indo e voltando.

O mais novo alerta do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), indica que as temperaturas cairão novamente e mínimas podem voltar a marcar 9°C nesta semana. Na última semana as máximas chegaram a 35°C em MS e, para esta terça-feira (4), a máxima não passará de 28°C.

Em Campo Grande, o dia amanheceu marcando 15°C. O dia deverá ser claro, com céu aberto, mas mesmo com sol ‘dando o ar da graça’, a máxima será de 26°C. Não há previsão de chuva para os próximos dias na Capital e temperaturas deverão cair mais.

Prepare o casaco: terça amanhece com 11°C e Inmet alerta para nova onda de frio
Todo MS recebeu alerta de queda de temperatura para esta terça-feira (4) | Foto: Inmet

A região que sempre fica mais gelada com a chegada das massar de ar frio é o Sul do estado. Nas cidades como Dourados e Ponta Porã, dia amanheceu marcando 14°C e termômetros vão registrar apenas 20°C de máxima.

As cidades da região Leste deverão marcar as maiores temperaturas nesta terça. Em Três Lagoas e Aparecida do Taboado, dia amanhece nublado e marcando 19°C, mas a tarde, máxima será de 28°C.

O aviso do Inmet, que compreende a parte amarela do mapa ao lado, também destaca que as temperaturas poderão ter ainda mais declínio e podem deixar em risco a saúde dos moradores. Em caso de emergência, o instituto orienta que deve-se acionar os Bombeiros no 193 ou a Defesa Civil no 199.

Jornal Midiamax