Cotidiano

Prefeitura de Campo Grande já atendeu 3,5 mil pessoas desde a abertura do Refis

A Prefeitura de Campo Grande já atendeu 3.550 pessoas desde segunda-feira (1º) até a manhã desta sexta-feira (5) sobre o Refis (PPI – Programa de Pagamento Incentivado), na Central do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano). De acordo com a chefe da divisão de arrecadação da Prefeitura da Capital, Djanira Magalhães, o maior movimento deve ser […]

Daiany Albuquerque Publicado em 05/07/2019, às 11h51 - Atualizado às 12h17

None

A Prefeitura de Campo Grande já atendeu 3.550 pessoas desde segunda-feira (1º) até a manhã desta sexta-feira (5) sobre o Refis (PPI – Programa de Pagamento Incentivado), na Central do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano).

De acordo com a chefe da divisão de arrecadação da Prefeitura da Capital, Djanira Magalhães, o maior movimento deve ser registrado nos últimos dias do prazo final para adesão ao programa.

Nesta sexta-feira o local funcionava com cerca de 45 funcionários, e poucas pessoas aguardavam atendimento. Porém, conforme Djanira, o serviço é oferecido conforme a demanda e se houve aumento na procura o número de atendentes também será ampliado.

Entre os poucos que procuraram a Central, na manhã desta sexta-feira, estava o aposentado Elias Teixeira, de 60 anos, que recebeu uma correspondência do Refis, entretanto, ele afirma que não tem dívida com a administração municipal.
“Eu paguei o meu IPTU atrasado no mês de maio, quitei tudo, mais de R$ 8 mil, agora recebi essa correspondência e não sei do que se trata. Aqui estão cobrando R$ 1,5 mil e não sei do que é”, afirmou o aposentado.
Já a dona de casa Ana Cláudia Bispo de Oliveira Lesmo, de 42 anos, não recebeu o chamado do Refis, porém, descobriu que tem uma dívida de R$ 11 mil que já estaria ajuizada. “Não sabia disso, aí vim aqui e me disseram que se eu não pagar até o mês que vem minha casa vai a leilão. Não tenho condições de pagar tudo isso e vim aqui ver o que pode ser feito”, declarou.

Segundo a chefe de arrecadação, no dia 27 de julho, um sábado, a Central funcionará em sistema de plantão. O mesmo acontecerá no dia 3 de agosto e nos dias 10 e 11 de agosto (sábado e domingo). O prazo para adesão ao programa termina no dia 12 de agosto.

O PPI prevê desconto de até 90% da atualização monetária dos juros de mora incidente sobre o valor do crédito tributário e multa. Essa vantagem é oferecida para quem fizer o pagamento à vista da dívida. Para o parcelamento, os descontos vão de 75% a 30%.

Jornal Midiamax