Cotidiano

Piscina abandonada vira criadouro de dengue e preocupa moradores

No combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika, os moradores têm ficado cada vez mais atentos para evitar acumulo de água em casa e não deixar que o mosquito se prolifere. No entanto, mesmo com todos os cuidados em casa, moradores sofrem com falta de cuidado das residências vizinhas. Na Avenida Mato Grosso, […]

Mariane Chianezi Publicado em 10/05/2019, às 14h07 - Atualizado em 11/05/2019, às 08h47

Foto: Reprodução/WhatsApp Midiamax
Foto: Reprodução/WhatsApp Midiamax - Foto: Reprodução/WhatsApp Midiamax

No combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika, os moradores têm ficado cada vez mais atentos para evitar acumulo de água em casa e não deixar que o mosquito se prolifere. No entanto, mesmo com todos os cuidados em casa, moradores sofrem com falta de cuidado das residências vizinhas.

Na Avenida Mato Grosso, entre as ruas 13 de Maio e Rui Barbosa, uma piscina tem tirado o sono da vizinhança. Isso porque, com casa vazia, piscina está abandonada e sem ninguém para cuidar, tem virado um verdadeiro criadouro de dengue.

Celso Afonso, de 49 anos, disse ao Jornal Midiamax que já solicitou a limpeza do terreno diversas vezes, mas até hoje, piscina permanece suja. “Esses dias equipe da Prefeitura veio aqui, trouxeram até um chaveiro para abrir a casa e entrarem. Mas não fizeram nada, o terreno ainda estão uma sujeira. Todos aqui da região estão contraindo dengue e a suspeita é essa piscina”, afirmou.

A assessoria de imprensa da Prefeitura informou que os agentes que fizeram a visita no imóvel identificaram o problema, mas não foi possível esvaziar a piscina devido a dificuldade para se ter acesso ao sistema de escoamento da água.
“Uma equipe da CVA (Coordenadoria de Vigilância Ambiental) da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) será encaminhada ao local para acionar o proprietário e notificá-lo. É importante destacar que o vizinhos que se sentirem prejudicados em caso de imóveis abandonados, devem entrar em contato com a Ouvidoria SUS pelo telefone 3314-9955. O setor irá acolher a reclamação e denúncia e encaminhar para a Coordenadoria responsável”, informou.
Piscina abandonada vira criadouro de dengue e preocupa moradores

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax