Cotidiano

Moradores reclamam de placa que trocou nome de rua para “Virgem Alegre”

Moradores do bairro Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, foram surpreendidos pela instalação de placas que trocaram o nome de uma rua para “Virgem Alegre”. A via em questão é a Graciano Vargem Alegre, que faz divisa com a reserva ecológica do bairro. Há alguns meses, relatam os moradores, durante a troca da pintura dos postes por […]

Danúbia Burema Publicado em 31/03/2019, às 10h46 - Atualizado às 15h12

Para Neide, é "melhor não ter placa do que ter placa errada”. Fotos. Gabriel Torres
Para Neide, é "melhor não ter placa do que ter placa errada”. Fotos. Gabriel Torres - Para Neide, é "melhor não ter placa do que ter placa errada”. Fotos. Gabriel Torres

Moradores do bairro Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, foram surpreendidos pela instalação de placas que trocaram o nome de uma rua para “Virgem Alegre”. A via em questão é a Graciano Vargem Alegre, que faz divisa com a reserva ecológica do bairro. Há alguns meses, relatam os moradores, durante a troca da pintura dos postes por novas placas veio o erro de grafia no nome.

“O nome já era estranho, agora piorou. Melhor não ter placa do que ter placa errada”, reclama a dona de casa Neide Del Campo Fioravante Ferreira, de 55 anos. Ela conta que o problema só foi percebido alguns dias após a instalação das novas placas e a vizinhança pensou em riscar a palavra virgem, mas acabou desistindo.

Neide quis acionar a prefeitura para fazer a correção, mas disse ter ficado em dúvida sobre o setor responsável pelo trabalho. Enquanto as placas permanecem erradas, a localização da via fica por conta da plaquinha no muro por uma moradora, com o número da casa e o nome correto.

Dificuldade de localização 

O bombeiro aposentado Nivaldo Gonçalves Rodrigues, de 61 anos, diz que chegou a questionar o nome correto após a instalação e resolveu pesquisar, até perceber que se tratava de erro de grafia.

Ele conta que mesmo sendo morador do local há 27 anos chegou a ter dúvidas e a situação fica pior ainda para quem precisa procurar a localização pela primeira vez. “As pessoas procuram e não acham o endereço”, revela. Nivaldo disse ter avisado a uma equipe que fazia manutenção no local, mas o problema ainda não foi resolvido.

Jornal Midiamax