Cotidiano

Jovem de 20 anos que morreu após exercícios físicos era militar do 9º Batalhão

O paciente do HMIL (Hospital Militar de Campo Grande), Guilherme Pereira Córdoba, de 20 anos, era militar há menos de um ano e estava lotado no 9° Batalhão de Suprimento Logístico. O jovem morreu na madrugada desta quinta-feira (27) após passar por cirurgia para drenar abcesso. Conforme a assessoria de comunicação do batalhão, Guilherme estava servindo […]

Mariane Chianezi Publicado em 27/06/2019, às 17h29 - Atualizado às 18h27

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

O paciente do HMIL (Hospital Militar de Campo Grande), Guilherme Pereira Córdoba, de 20 anos, era militar há menos de um ano e estava lotado no 9° Batalhão de Suprimento Logístico. O jovem morreu na madrugada desta quinta-feira (27) após passar por cirurgia para drenar abcesso.

Conforme a assessoria de comunicação do batalhão, Guilherme estava servindo no serviço militar obrigatório desde agosto do ano passado. Segundo o boletim de ocorrência, o rapaz passou mal no dia 19 deste mês e reclamava de dores na perna após ter feito exercícios físicos.

Sobre os exercícios físicos, o batalhão informou que no dia em questão, aconteceu exercícios físicos, mas nenhum que exigisse intensidade. “Na referida data, o Batalhão não realizou nenhum exercício físico fora dos padrões normais do dia a dia do quartel”, disse batalhão a reportagem.

Morte 8 dias após exercícios

Segundo informações do boletim de ocorrência, Guilherme começou a passar mal no dia 19 deste mês reclamando de dores na perna e febre, após exercícios físicos. Ele foi medicado e liberado pelo médico.

No dia 22, porém, voltou a reclamar de dores, indo novamente ao médico, sendo medicado e liberado. No dia 25, Guilherme voltou ao médico com baixo nível de consciência, taquicardia e sudorese, e foi internado. Já na madrugada do dia 26, a vítima piorou e foi levada para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), por volta das 3 horas.

Foi feito, então, exame e detectado um abcesso no músculo, quando Guilherme passou por cirurgia para drenar os abcessos. Mas, durante a madrugada desta quinta-feira (27), ele não resistiu e morreu.

Jornal Midiamax