Cotidiano

Jornalistas de Dourados protestam em defesa da regulamentação da profissão

“Sem jornalista não existe jornalismo”, afirmou nesta segunda-feira (9) a presidente do Sinjorgran (Sindicato dos  Jornalistas Profissionais da Região da Grande Dourados), Karine Segatto. Ela ocupou ontem a tribuna livre da Câmara de Vereadores de Dourados para protestar contra a MP 905/2019 (Medida Provisória) editada pelo presidente Jair Bolsonaro, que revogou a necessidade de...

Marcos Morandi Publicado em 10/12/2019, às 08h31 - Atualizado às 16h28

A presidente da categoria ocupou a tribuna da câmara. (Foto: Marcos Morandi)
A presidente da categoria ocupou a tribuna da câmara. (Foto: Marcos Morandi) - A presidente da categoria ocupou a tribuna da câmara. (Foto: Marcos Morandi)

“Sem jornalista não existe jornalismo”, afirmou nesta segunda-feira (9) a presidente do Sinjorgran (Sindicato dos  Jornalistas Profissionais da Região da Grande Dourados), Karine Segatto. Ela ocupou ontem a tribuna livre da Câmara de Vereadores de Dourados para protestar contra a MP 905/2019 (Medida Provisória) editada pelo presidente Jair Bolsonaro, que revogou a necessidade de registro profissional de 14 categorias, entre elas a de jornalistas, publicitários e radialistas.

O pronunciamento na câmara faz parte de uma estratégia da categoria de envolver não só os jornalistas, mas também a sociedade e a classe política. “Essa medida com certeza faz parte de uma estratégia de acabar com a garantia mínima da exigência da qualidade no jornalismo brasileiro”, disse a presidente do Sinjorgran, pedindo o apoio dos vereadores para que façam articulação junto às suas bases e ajudem a derrubar a medida.

No entendimento do presidente da Câmara de Vereadores de Dourados, Alan Guedes, além das articulações políticas que serão feitas individualmente pelos parlamentares, a instituição vai elaborar um minuta de moção coletiva à categoria, que será encaminhada primeiramente à bancada federal de Mato Grosso do Sul em Brasília, à Câmara  dos Deputados, ao Senado Federal e à Assembleia Legislativa.

Durante a sessão, que também contou com o participação de Rodrigo Miranda, aluno do curso de Publicidade,  o Sindicato dos  Jornalistas Profissionais da Região da Grande Dourados recebeu um diploma em comemoração aos 30 anos de existência  da entidade. “É uma homenagem simples e que expressa o reconhecimento desta casa a essa categoria que contribui de maneira significativa para existência da democracia em nossa cidade” , disse Alan Guedes.

Jornal Midiamax