Cotidiano

Inmet emite alerta de chuvas intensas em 76 cidades de MS

São 71 cidades sob perigo potencial e cinco já em situação de perigo de chuvas intensas. O acumulado pode chegar aos 50mm/ dia.

Ana Paula Chuva Publicado em 20/12/2019, às 14h32

Arquivo Midiamax
Arquivo Midiamax - Arquivo Midiamax

Um alerta de chuvas intensas foi emitido pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) para Mato Grosso do Sul. São 71 cidades sob perigo potencial e cinco já em situação de perigo. O aviso é válido até às 22h desta sexta-feira (20).

É importante ressaltar que há riscos de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas. E pode chover entre 20 e 30 mm por hora ou até 50 mm no acumulado durante o dia.

O Inmet alerta para que a população não se abrigue debaixo de árvores em caso de rajadas de vento. Outra recomendação é não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Evite usar aparelhos eletrônicos ligados na tomada.

Mais informações com a Defesa Civil (telefone 199) e Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Sob perigo potencial são 71 as cidades de Alcinópolis, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos Do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Figueirão, Fátima Do Sul, Glória De Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã.

Além dos municípios de  Jaraguari, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada Do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte Do Sul, Paranhos, Paraíso Das Águas, Pedro Gomes, Ponta Porã, Ribas Do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde De Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita Do Pardo, Selvíria, Sete Quedas, Sidrolândia, Sonora, São Gabriel Do Oeste, Tacuru, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas, Vicentina e Água Clara.

Já sob o alerta de perigo estão Aparecida do Taboado, Cassilândia, Chapadão do Sul, Paranaíba e Selvíria.

Jornal Midiamax