Cotidiano

Governo diz que pagou salários atrasados em Hospital Regional de Ponta Porã

O salário atrasado do mês de fevereiro dos servidores e enfermeiros que trabalham no Hospital Regional de Ponta Porã deve ser pago ainda nesta semana após uma reunião entre Governo e SES (Secretaria de Estado de Saúde). Na reunião da última terça-feira (19), ficou decidido que o depósito será feito diretamente na conta dos trabalhadores. […]

Vinícius Costa Publicado em 21/03/2019, às 12h26 - Atualizado às 13h39

(Foto: Divulgação/Google Maps)
(Foto: Divulgação/Google Maps) - (Foto: Divulgação/Google Maps)

O salário atrasado do mês de fevereiro dos servidores e enfermeiros que trabalham no Hospital Regional de Ponta Porã deve ser pago ainda nesta semana após uma reunião entre Governo e SES (Secretaria de Estado de Saúde). Na reunião da última terça-feira (19), ficou decidido que o depósito será feito diretamente na conta dos trabalhadores.

O repasse do governo será de pouco mais de R$ 1,5 milhão para realizar o pagamento referente a vencimentos, férias, rescisões e prestações de serviços.

Para realizar a quitação dos débitos, o governo rescindiu o contrato do Instituto Gerir, empresa responsável por administrar o Hospital Regional. A alegação é de que a empresa vinha enfrentando ações judiciais.

Os servidores que prestam serviço para o Hospital Regional de Ponta Porã chegaram a fazer uma greve durante a semana, suspendendo os atendimentos, mas foi interrompida após sinalização de quitação dos débitos.

Jornal Midiamax