Cotidiano

GALERIA: Passada a temporada dos roxos e amarelos, ipês brancos encantam em Campo Grande

A temporada de floração dos ipês roxos e amarelos passou e chegou a vez do ipê branco em Campo Grande. Eles são mais raros do que as outras cores e geralmente florescem entre os meses de setembro e outubro. Quem passeia pelo Parque das Nações Indígenas se encanta com as árvores-neve, que chamam a atenção […]

Mylena Rocha Publicado em 08/09/2019, às 12h12 - Atualizado em 09/09/2019, às 08h58

None
Ipês brancos chamam a atenção no Parque das Nações Indígenas. (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

A temporada de floração dos ipês roxos e amarelos passou e chegou a vez do ipê branco em Campo Grande. Eles são mais raros do que as outras cores e geralmente florescem entre os meses de setembro e outubro. Quem passeia pelo Parque das Nações Indígenas se encanta com as árvores-neve, que chamam a atenção na paisagem.

GALERIA: Passada a temporada dos roxos e amarelos, ipês brancos encantam em Campo Grande
Flores do ipê branco duram em média quatro dias. (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Os ipês de outras cores ainda são vistos pela cidade, mas este é o mês dos ipês brancos. Mais raros do que as outras espécies de ipê, a floração do ipê branco é rápida. As flores duram em média quatro dias, enquanto nas outras cores, as flores ficam por até 10 dias.

Os ipês começaram a aparecer em Campo Grande em julho. O ipê-roxo, que é o primeiro a florir, costuma aparecer entre junho e agosto; o ipê-amarelo, símbolo de Campo Grande, entre agosto e setembro; por fim, o ipê-branco, enfeita a cidade ente os meses de setembro a outubro.

Quem passa pela paisagem da Capital não resiste a tirar uma foto da árvore florida. Nem mesmo o repórter fotográfico Marcos Ermínio, do Jornal Midiamax, conseguiu deixar de registrar o encanto das flores brancas. Confira as imagens da galeria.

Jornal Midiamax