Cotidiano

Funcionários reclamam de corte de carga horária em CEI de período integral

A redução na carga horária de aula de duas turmas do pré-escola da CEI Zedu (Centro de Educação Infantil José Eduardo Martins Jallad) não agradou os funcionários da unidade educacional. A escolinha dá aulas em período integral e medida não foi bem-vinda. A reclamação dos servidores seria por conta da retirada da carga horária que […]

Mariane Chianezi Publicado em 22/11/2019, às 16h55

Foto: Divulgação/Governo de MS
Foto: Divulgação/Governo de MS - Foto: Divulgação/Governo de MS

A redução na carga horária de aula de duas turmas do pré-escola da CEI Zedu (Centro de Educação Infantil José Eduardo Martins Jallad) não agradou os funcionários da unidade educacional. A escolinha dá aulas em período integral e medida não foi bem-vinda.

A reclamação dos servidores seria por conta da retirada da carga horária que deixaria “um buraco” no expediente e no ponto, pois reduziria o tempo de permanência. “Queria saber onde as crianças irão ficar, pois os pais continuarão trabalhando o dia todo”, questionou funcionário.

Em contato com a creche, a diretora informou à reportagem que no próximo ano a unidade continua em período integral normalmente e que apenas duas salas terão meio período. “Como previsto pelas normas”, informou a diretora.

Jornal Midiamax