Cotidiano

Exército faz operação contra venda irregular de armas e munições em MS

A DFPC (Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados) do Exército Brasileiro iniciou nesta terça-feira a oitava edição da Operação Alta Pressão, com a finalidade de fiscalizar o comércio, o tráfego e a utilização de armas de fogo, munições e insumos. Na área da 9ª Região Militar, os alvos são em empresas de Mato Grosso do […]

Renan Nucci Publicado em 09/04/2019, às 17h28

Exército vai fiscalizar comércio de armas. (Foto: Divulgação)
Exército vai fiscalizar comércio de armas. (Foto: Divulgação) - Exército vai fiscalizar comércio de armas. (Foto: Divulgação)

A DFPC (Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados) do Exército Brasileiro iniciou nesta terça-feira a oitava edição da Operação Alta Pressão, com a finalidade de fiscalizar o comércio, o tráfego e a utilização de armas de fogo, munições e insumos. Na área da 9ª Região Militar, os alvos são em empresas de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Aragarças (GO).

A ação visa verificar documentações, condições de segurança, armazenamento, comercialização e o transporte, com base nas normas em vigor. A fiscalização poderá se estender a outros Produtos Controlados pelo Exército (PCE), observada a necessidade e a conveniência, no decorrer da operação.

Participam 11 equipes compostas por cerca de 45 fiscais militares, integrantes do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC/9). Participam ainda integrantes de Órgãos de Segurança e Ordem Pública (OSOP) e de Agências Governamentais.

Jornal Midiamax