Cotidiano

Doação de órgãos: Central Estadual de Transplantes completa 20 anos e mais de 3,5 mil procedimentos

Nesta sexta-feira (27) é comemorado o Dia Nacional da Doação de Órgãos. No Estado, a CET (Central Estadual de Transplantes de Mato Grosso do Sul) tem mais de 3,5 mil motivos para comemorar. A central comemora 20 anos de criação e desde seu início foram realizados: 2.873 transplantes de córnea, 654 de rim, 52 de […]

Cleber Rabelo Publicado em 27/09/2019, às 14h19

Foto: Divulgação, Portal do MS
Foto: Divulgação, Portal do MS - Foto: Divulgação, Portal do MS

Nesta sexta-feira (27) é comemorado o Dia Nacional da Doação de Órgãos. No Estado, a CET (Central Estadual de Transplantes de Mato Grosso do Sul) tem mais de 3,5 mil motivos para comemorar.

A central comemora 20 anos de criação e desde seu início foram realizados: 2.873 transplantes de córnea, 654 de rim, 52 de osso, e 14 de coração. Só neste ano, até agosto, foram captados 86 órgãos de 34 doadores. De acordo com a coordenadora da CET, Claire Miozzo, a decisão de doar órgãos é um dos gestos mais bonitos que o ser humano pode praticar.

“A doação de órgãos é o maior ato de amor que alguém pode fazer pelo próximo. É uma decisão importante que as famílias tomam. De um lado existe a dor, e de outro, existe a esperança de vida”, diz.

Claire reforça que o mês de setembro, dedicado à conscientização para a importância de ser doador de órgãos, o diálogo entre os familiares é primordial.

“O mais importante é conversar com a família sobre a sua vontade de ser um doador, pois a negativa das famílias durante a entrevista para a doação de órgãos chega a 55%. Na maior parte, os familiares alegam não conhecer a vontade da pessoa falecida”, ressalta.

Fila de espera

No Brasil, cerca de 30 mil pessoas aguardam na fila por um transplante de órgãos. Conforme a Central Estadual de Transplantes, no Estado, 210 pessoas aguardam por um transplante de córnea, e 114 esperam por um transplante de rim.

Para a CET, é importante que a sociedade procure conhecer mais sobre o assunto. Aqui em MS, é possível esclarecer dúvidas com a central de transplantes através do e-mail: [email protected]úde.ms.gov.br ou pelo telefone 3312-1400.

Jornal Midiamax