Cotidiano

Novos deques no lago do Parque das Nações são concluídos

Foi concluído e entregue à população na tarde da quinta-feira (19) o conjunto de deques formando 160 metros de passarelas que se projetam sobre o lago principal do parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. O investimento para os novos itens custou R$ 109.368,00. “Desde a construção do Parque das Nações, há mais de 15 […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 20/12/2019, às 07h20 - Atualizado às 08h25

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

Foi concluído e entregue à população na tarde da quinta-feira (19) o conjunto de deques formando 160 metros de passarelas que se projetam sobre o lago principal do parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. O investimento para os novos itens custou R$ 109.368,00.

“Desde a construção do Parque das Nações, há mais de 15 anos, os deques nunca haviam passado por manutenção. Quando precisamos esvaziar o lago para as obras de desassoreamento, percebemos que algumas pilastras estavam comprometidas, a parte que ficava embaixo d’água havia se deteriorado.

Além disso, toda a estrutura havia cedido, causando um desnível de 15 centímetros com a calçada. Os engenheiros avaliaram e concluíram que era melhor fazer tudo novo, e foi o que fizemos”, conta  o presidente do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), André Borges.

Os deques estão sustentados em postes de eucalipto tratado, com estrutura de vigas e o tablado de ripas. O orçamento total ficou em R$ 109.368,00. Além desse conjunto de deques, será construída uma passarela de acesso ao monumento do Cavaleiro Guaicuru, em outra etapa dos serviços que recomeçam na segunda quinzena de janeiro.

Neste monumento, a passarela será interrompida antes da ilha, impedindo que as pessoas cheguem até a escultura, que tem sido vítima de frequentes vandalismos. Porém, ao final da passarela será construída uma plataforma com oito metros de extensão para contemplação do monumento, permitindo que as pessoas tenham os melhores ângulos para fotografias.

(Com informações da assessoria)

Jornal Midiamax