Caminhoneiros de MS estão ‘abandonados’ em trecho de rodovia entre MT e PA

Há pelo menos seis dias, caminhoneiros de Mato Grosso do Sul estão parados em um trecho da BR-163, entre os estados do Mato Grosso e Pará. Segundo a esposa de um dos motoristas, o motivo seria a má condição da pista para o tráfego. Conforme um documento enviado para as autoridades locais, os caminhoneiros estão […]
| 06/03/2019
- 21:34
Caminhoneiros de MS estão ‘abandonados’ em trecho de rodovia entre MT e PA

Há pelo menos seis dias, caminhoneiros de Mato Grosso do Sul estão parados em um trecho da BR-163, entre os estados do Mato Grosso e Pará. Segundo a esposa de um dos motoristas, o motivo seria a má condição da pista para o tráfego.

Conforme um documento enviado para as autoridades locais, os caminhoneiros estão no km 338 da BR-163, a 5 km de Novo Progresso (PA). “Meu marido disse que a condição deles é precária e há vários motoristas aqui do Mato Grosso do Sul”, informou Otília Silva Machado, esposa de um dos caminhoneiros. Conforme Otília, que mora em Aral Moreira, a 371 quilômetros de Campo Grande, o marido, Flávio Guedes, deixou uma carga em Santarém (PA) e estava retornando com grãos para entregar em Sinop (MT), quando foi surpreendido pelo congestionamento.

“Meu marido contou que eles estão sem comida, sem água e para buscar tem que ir de moto. No documento consta que eles estão recebendo apoio do Exército e isso não é verdade, pois ninguém está ajudando”, afirmou.

Com o título ‘Movimento BR-163 Sustentável’, os caminhoneiros que estão estacionados na rodovia, encaminharam um pedido de socorro aos comandantes do exército do Pará, PRF (Polícia Rodoviária Federal) e outras autoridades. “Pedimos socorro e queremos deixar claro que estamos indignados. Será que a União, através do Exército, os municípios e o Estado do Pará não têm máquinas para resolver o problema? Inclusive puxando os veículos nos pontos mais críticos? Será que a vida de um motorista vale tão pouco?”

Caminhoneiros de MS estão 'abandonados' em trecho de rodovia entre MT e PA
Documento enviado para as autoridades do Pará (Foto: Leitor)

Veja também

Até cimento que Maria Helena guardava para construir casa de alvenaria foi perdido

Últimas notícias