Cotidiano

VEJA O VÍDEO: Mulher filma OVNI no céu de Campo Grande

Um objeto voador não identificado (OVNI) foi avistado na noite do sábado (14) por uma família no bairro Jardim dos Perdizes, em Campo Grande. De acordo com a dona de casa Elaine Cristina Rufino, de 40 anos, que conseguiu filmar a aparição, ela estava despedindo-se do pai no portão de casa quando avistou o objeto […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 15/07/2018, às 16h09 - Atualizado em 16/07/2018, às 08h08

None

Um objeto voador não identificado (OVNI) foi avistado na noite do sábado (14) por uma família no bairro Jardim dos Perdizes, em Campo Grande. De acordo com a dona de casa Elaine Cristina Rufino, de 40 anos, que conseguiu filmar a aparição, ela estava despedindo-se do pai no portão de casa quando avistou o objeto no céu.

“Era umas 20h30. Estava eu e minha filha deixando meu pai no portão quando eu olhei pro céu e vi as luzes. De repente ele virava uma bola incandescente. Sorte que eu estava com o celular no bolso e comecei a filmar”, conta.

Elaine afirma que, posteriormente, mostrou o vídeo para marido e para o filho, que não acreditam se tratar de um avião ou drone. “A gente ficou meio assustado, pois nunca tinha visto nada desse tipo antes. Não entendemos o que estava acontecendo. Gostaríamos de saber o que é”, conclui.

Mato Grosso do Sul é uma das regiões de estudo de ufólogos, devido ao grande número de aparições de OVNIs reportados – a mais famosa delas ocorreu em 6 de março de 1982 e foi visto pelos espectadores de uma partida de futebol entre o Vasco e o Operário no Estádio Morenão.

Conforme narrado pelas milhares de testemunhas, o vulto luminoso foi observado por cerca de 5 segundos flutuando sobre a arquibancada do estádio. Devido a tecnologia da época, não foi possível efetuar registro do OVNI – os equipamentos da TV Morena, que filmava a partida, eram muito pesados para serem rapidamente posicionados para o céu.

Na época, o fato foi fortemente noticiado pelos jornais e até hoje intriga campo-grandenses.

WhatsApp: fale com o Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax