Cotidiano

VÍDEO: caminhão da Solurb fica atolado em rua da Nova Campo Grande

Reclamações dos moradores são frequentes

Wendy Tonhati Publicado em 19/01/2018, às 14h08

None

Reclamações dos moradores são frequentes

As reclamações dos moradores da Vila Nova Campo Grande – na região oeste de Campo Grande – não são novas. Todos os anos, durante a época de chuvas, as ruas são tomadas pela lama. Os moradores ficam com os carros atolados e tem até que colocar saco plástico nos pés para passar pela lama. Nesta semana, o problema foi o caminhão de coleta de lixo que ficou atolado em uma das ruas.

A situação foi registrada pelo leitor do Jornal Midiamax, Renato Benites Valério, na última quinta-feira (18). Segundo ele, o vídeo foi registrado por volta das 17 horas e a Solurb – concessionária responsável pela coleta de lixo na Capital- demorou cerca de três horas para conseguir “resgatar” o caminhão com um guincho.

Durante o vídeo, um carro de passeio passa pela rua e também enfrenta dificuldades para passar pelo local, tomado de barro. Até a viatura da Polícia Militar que fazia rondas pela região, com um veículo com tração, teve que enfrentar a lama. Nas imagens, os trabalhadores da Solurb dizem ao leitor que todos os anos a empresa enfrenta problemas, na época de chuva, ao fazer o trabalho de coleta pelas ruas do bairro.

 Rua 79 (Via WhatsApp)​Nesta semana, outro leitor do Jornal Midiamax, que mora na Nova Campo Grande encaminhou imagens da rua 79.

“Já mandei email para a Prefeitura e, até o momento, não tivemos resposta. Para pegar o ônibus, tem que colocar uma sacolinha nos pés. Não tem por onde passar. Os carros estão atolando”, informou o leitor, morador do bairro. 

Prefeitura

A Prefeitura da Capital informou ao Jornal Midiamax, por meio de nota, “O Bairro Nova Campo Grande, em função das características do solo (lençol freático aflorado) sofre bastante neste período de chuvas. O serviço de patrolamento e cascalhamento fica comprometido e a manutenção realizada acaba danificada. Na medida que as condições climáticas permitirem os pontos críticos serão recuperados”.

Já a Solurb informou que não tinha o que acrescentar sobre o fato. “Por estarmos em época de chuvas é uma situação corriqueira”. 

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax