Cotidiano

Moradores de MS já podem se cadastrar para receber alertas de desastres naturais

Serviço é disponibilizado pela Anatel e Defesa Civil

Tatiana Marin Publicado em 16/01/2018, às 20h35

None

Serviço é disponibilizado pela Anatel e Defesa Civil

Mensagens de alerta de desastres naturais em Mato Grosso do Sul podem ser recebidas pelos moradores de Mato Grosso do Sul. Desde a última segunda-feira (15) a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) abriu cadastro para o recebimento de mensagens SMS com avisos.

O sistema, desenvolvido pela agência, tem parceria com os órgãos de Defesa Civil e as operadoras de telefonia móvel. Não há custo para os usuários que se cadastrarem ao serviço, que é comum em diversos países do mundo, como Canadá, Chile, Bélgica, Filipinas e Japão. Até março de 2018, todos os brasileiros estarão aptos a receber mensagens de alerta sobre tempestades, vendavais e outros fenômenos meteorológicos.

No total 1.942.528 assinantes já utilizam o serviço, já foram enviados 1.775 alertas e  enviadas 24.851.355 mensagens de texto nos estados que já participam do serviço (Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo e  Rio Grande do Sul). Além de Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais entraram para o serviço.

Como se cadastrar

Moradores de MS já podem se cadastrar para receber alertas de desastres naturais

Ao fim do cadastro, o usuário é informado que o celular está apto a receber alertas de  inundações, alagamentos, temporais, perigo de deslizamentos de terra, entre outros, e recomendações da Defesa Civil. Se o usuário desejar, é possível cancelar o recebimento dos alertas por mensagem de celular.

Envio de alertas

Os alertas são enviados pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e pelas Defesas Civis dos estados. Também será realizada campanha informativa nos meios de comunicação. O acompanhamento executivo do serviço de alertas por SMS é feito pela ABR Telecom.

O projeto piloto começou em fevereiro deste ano com cerca de 500 mil moradores de  20 municípios de Santa Catarina. Outras cinco cidades do Paraná, com cerca de 100 mil moradores, passaram a contar com o sistema em junho. E desde outubro, todos os moradores dos estados do Paraná e de Santa Catarina podem cadastrar as linhas móveis para receber mensagens de alerta de desastres naturais enviadas por SMS para celulares.

Jornal Midiamax