Cotidiano

Família consegue amputação para cadelinha atacada por jacaré, mas animal não resiste

Animal aspirou água durante ataque

Aliny Mary Dias Publicado em 16/03/2018, às 18h30

None

Animal aspirou água durante ataque

A cadelinha vira-lata ‘Lua’, atacada por um jacaré no final de semana, não resistiu aos ferimentos e morreu no fim da manhã desta sexta-feira (16). A família conseguiu ajuda para amputação depois do caso ter sido noticiado do Jornal Midiamax, mas os ferimentos eram muito graves.

Vani Oliveira, dona da cadelinha, conta que horas depois da matéria ter sido publicada, na última quarta-feira (14), médicos veterinários e outras pessoas comovidas com a situação entraram em contato com a família. “Vários nos ligaram oferecendo ajuda e nós agradecemos a todos”, conta, emocionada.

O médico veterinário Marcelo Rondon, da clínica Vet Master, se ofereceu para fazer a cirurgia de ‘Lua’ cobrando apenas parte da medicação. A vira-lata foi operada nesta quinta e se recuperava bem.

“A cirurgia foi um sucesso, mas o problema foi que no ataque do jacaré ela aspirou água e os pulmões estavam com edema. Durante a amputação eu fiz medicação, mas o corpo não absorveu a água e ela não resistiu”, explica o veterinário.

Marcelo conta que soube da história de ‘Lua’ através de uma pessoa que teve acesso à reportagem e procurou o médico. Ele conta, ainda, que faz trabalho social com animais resgatados principalmente porque não há atendimento público em Campo Grande.

O caso

Apesar da família viver no bairro São Conrado, em Campo Grande, ‘Lua’ constantemente era levada para uma propriedade rural da família em Dois Irmãos do Buriti.

Família consegue amputação para cadelinha atacada por jacaré, mas animal não resiste

De volta a Campo Grande, Jorge e a família tentaram atendimento veterinário para ‘Lua’. Tentativas em universidades e no CCZ (Centro de Controle de Zoonozes) foram frustradas porque os locais não realizam amputação.

A consulta e o procedimento em veterinários particulares chegavam a quantia de R$ 2 mil, e a família procurou o Jornal Midiamax para buscar ajuda.

Jornal Midiamax