Cotidiano

Em parcela única, 13º salário de servidores municipais será pago em 20 de dezembro

O titular da Sefin (Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças), Pedro Pedrossian Neto, afirmou na manhã desta terça-feira (9) que a Prefeitura de Campo Grande deverá pagar em 20 de dezembro o 13º salário dos 24 mil servidores municipais, entre ativos, aposentados e pensionistas. O salário será depositado em parcela única, conforme prevê a legislação […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 09/10/2018, às 12h31 - Atualizado às 13h36

Secretário de Finanças, Pedro Pedrossian Neto. (Marcos Ermínio | Midiamax. Arquivo)
Secretário de Finanças, Pedro Pedrossian Neto. (Marcos Ermínio | Midiamax. Arquivo) - Secretário de Finanças, Pedro Pedrossian Neto. (Marcos Ermínio | Midiamax. Arquivo)

O titular da Sefin (Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças), Pedro Pedrossian Neto, afirmou na manhã desta terça-feira (9) que a Prefeitura de Campo Grande deverá pagar em 20 de dezembro o 13º salário dos 24 mil servidores municipais, entre ativos, aposentados e pensionistas. O salário será depositado em parcela única, conforme prevê a legislação municipal.

A folha de pagamento do 13º salário é estimada em cerca de R$ 80 milhões e é menor que as regulares, conforme detalha Pedrossian. “Nesta folha não incidem alguns abonos, plantões e demais benefícios que servidores recebem regularmente. Por isso ela é mais enxuta”, explica.

Em maio deste ano, Pedrossian afirmou que os cofres da Prefeitura já contavam com R$ 137 milhões em caixa, dos quais pelo menos R$ 75 milhões já estavam “provisionados” para o 13º de 2018. Em agosto, no entanto, o secretário destacou que as folhas de agosto e setembro eram as mais pesadas e que por isso a verba separada poderia ser utilizada.

Segundo ele, uma estratégia para garantir a verba é o Programa de Pagamento Incentivado (PPI), que dá descontos nos juros e multas de débitos dos contribuintes com a Prefeitura. No último mês, o município arrecadou cerca de R$ 22 milhões. Na segunda etapa, iniciada na semana passada, já foram arrecadados mais R$ 1 milhão.

“Ano passado conseguimos R$ 14 milhões na segunda etapa. Nossa meta agora são R$ 10 milhões, que totalizariam os R$ 30 milhões. Todo esse dinheiro será utilizado para pagar o salário dos servidores”, conclui.

Jornal Midiamax