Cotidiano

Durante parada LGBT, pastor sobe ao palco e manda recado: ‘Deus te ama do jeito que você é’

“Deus te ama do jeito que você é”! A fala foi um dos pontos altos do discurso do líder da igreja evangélica shalom, pastor João Bono, durante 17ª Parada da Cidadania e Show da Diversidade  LGBT de Campo Grande, que aconteceu neste sábado (28). Driblando radicalismos e discursos ácidos, Bono levou ao público mensagem de […]

Nathalia Pelzl Publicado em 28/07/2018, às 19h02 - Atualizado às 19h06

Foto: Guilherme Cavalcante
Foto: Guilherme Cavalcante - Foto: Guilherme Cavalcante

“Deus te ama do jeito que você é”! A fala foi um dos pontos altos do discurso do líder da igreja evangélica shalom, pastor João Bono, durante 17ª Parada da Cidadania e Show da Diversidade  LGBT de Campo Grande, que aconteceu neste sábado (28). Driblando radicalismos e discursos ácidos, Bono levou ao público mensagem de amor,

“Jesus não veio pra ensinar a gente a ser Deus, Ele veio pra nos ensinar a sermos humanos e acabou,  é isso. Todos nós somos humanos e tenho certeza que Deus te ama do jeito que você é”, disse. Após a fala, o líder religioso fez uma oração junto com os participantes, onde pediu a proteção de Deus para todos os presentes. “O Senhor ama pessoas e morreu por cada um de nós, ele veio para trazer paz e vida com abundância”, finalizou.

O evento teve concentração na Praça Ary Coelho e percorreu ruas do centro até chegar à Praça do Rádio Clube. A expectativa dos organizadores é que cerca de 15 mil pessoas passem pela festa. Além de contar com milhares de pessoas LGBTs, a passeata teve a participação de diversos heterossexuais que aderiram à luta e uniram forças para marchar em busca de cidadania para todos.

Aos 26 anos a dona de casa Karina da Silva chegou logo no início da concentração para a passeata e dava aula de animação. Heterossexual, ela contou que participa pela segunda vez do evento e, desta vez, fez questão de que o marido, de 51 anos e as 3 filhas participassem da festa com ela.

Para José de Souza, esposo de Karina, a ideia de participar da parada LGBT foi tratada com certo receio, no entanto, após o primeiro contato, o encanador teve somente boas impressões. “Fiquei meio receoso porque não faz parte do meu cotidiano, até então sempre foi um meio desconhecido, mas agora vim e pude ver de perto como é e estou gostando”, disse.

Um amigo do casal, Thiago da Silva, de 27 anos, também resolveu conhecer a festa e lembrou da importância em desde cedo, educar as crianças para que compreendam a pluralidade sexual e a importância de que o respeito seja cultivado. “É importante trazer as crianças porque assim elas crescem sem preconceitos e sabemos que eventos como esse ajudam a reduzir a violência”, afirma.

De acordo com Cris Stefanny, coordenadora  municipal de políticas públicas públicas para LGBTs, o evento cumpre papel de agregar todas as pessoas que tenham interesse em lutar por um mundo sem desigualdades e com mais respeito.

“É um evento não só para LGBTs, mas para o público em geral, para a família, pois lutamos por questões sociais que ainda são privadas de nós. Este é o momento que saímos às ruas para gritar por nossa causa e justamente por isso já tivemos grandes avanços, então, estamos no caminho certo”, relata.

Hellen Kadory, representante da ATMS (Associação das Travestis e Transsexuais de Mato Grosso do Sul) pontua os avanços que o evento conquistou em 17 anos. “Na primeira edição, em 2002, éramos em 300 pessoas e não tínhamos nenhum incentivo. Com medo, muitos comerciantes fechavam as portas quando passávamos pelo Centro”, lembra.

Diferente de quando tudo começou, a militante afirma que neste ano, até mesmo parceria com a associação comercial foi fechada. Por causa disso, 30 prêmios doados por comerciantes serão sorteados para o público. “Eles entenderam a importância do nosso protesto, inclusive, como gerador de renda e fluxo de pessoas comprando. É algo para se comemorar”, completa.

Durante parada LGBT, pastor sobe ao palco e manda recado: ‘Deus te ama do jeito que você é’Durante parada LGBT, pastor sobe ao palco e manda recado: ‘Deus te ama do jeito que você é’Durante parada LGBT, pastor sobe ao palco e manda recado: ‘Deus te ama do jeito que você é’Durante parada LGBT, pastor sobe ao palco e manda recado: ‘Deus te ama do jeito que você é’Durante parada LGBT, pastor sobe ao palco e manda recado: ‘Deus te ama do jeito que você é’Durante parada LGBT, pastor sobe ao palco e manda recado: ‘Deus te ama do jeito que você é’

Jornal Midiamax