Cotidiano

Diferença de temperaturas chama a atenção e sensação térmica chega a 41°C em MS

Com sensação térmica de até 41°C, Mato Grosso do Sul tem registrado uma diferença expressiva entre as temperaturas mínimas e máximas. As temperaturas são imprevisíveis e uma cidade que começa a manhã com um clima ameno, de 16,5°C, pode chegar à temperatura de 37,4°C no mesmo dia. É o caso de Sonora, localizada a 351 km de Campo Grande.

Mylena Rocha Publicado em 17/07/2018, às 19h04

Foto: Marcos Ermínio
Foto: Marcos Ermínio - Foto: Marcos Ermínio

Com sensação térmica de até 41°C, Mato Grosso do Sul tem registrado uma diferença expressiva entre as temperaturas mínimas e máximas. As temperaturas são imprevisíveis e uma cidade que começa a manhã com um clima ameno, de 16,5°C, pode chegar à temperatura de 37,4°C no mesmo dia. É o caso de Sonora, localizada a 351 km de Campo Grande.

Sonora chamou a atenção no registro das temperaturas nesta terça-feira (17). Na cidade, a sensação térmica chegou a 41°C e a diferença entre a temperatura mínima e máxima chegou a 20,9°C, afirma o meteorologista Natalio Abrahao Filho, da Estação Meteorológica Uniderp.

A cidade de Água Clara, a 193 km da Capital, também registou uma amplitude térmica expressiva. Nesta terça-feira (17), o município registrou a temperatura mínima de 12,8°C e chegou a 33,4°C, com uma diferença de 20,6°C. Água clara também registrou um dos menores índices de umidade relativa do ar, com 18%.

As cidades de Cassilândia e Chapadão do Sul registraram o menor índice de umidade do ar, com 17%. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o nível ideal de umidade do ar para o organismo humano fica em torno de 40% e 70%, mas o valor médio ideal é de 60%.

O meteorologista Natalio Abrahao Filho alerta para as condições de clima seco e afirma que não deve haver chuvas nos próximos dias. “A situação que vai persistir ao menos até o fim do mês, sem chuvas mas com quedas acentuadas nas temperaturas”, explica. Apesar das altas temperaturas durante esta semana, a condição deve mudar no fim de semana, quando a sensação térmica pode chegar a 0°C.

Jornal Midiamax