Cotidiano

Com 550 vagas, inscrições para o Vale Universidade começam em fevereiro

Serão 150 vagas para indígenas

Tatiana Marin Publicado em 16/01/2018, às 19h29

None

Serão 150 vagas para indígenas

A governadora em exercício Rose Modesto, assinou a autorização para o processo seletivo do programa Vale Universidade na tarde desta terça-feira (16), na sede da governadoria em Campo Grande. O benefício, que terá inscrições abertas a partir de 15 de fevereiro, será concedido a 550 acadêmicos, sendo 150 bolsas destinadas a indígenas. A decisão será publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (17).

Em Campo Grande, todas as instituições de ensino fazem parte do programa. Em Mato Grosso do Sul, além todas as unidades da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), as instituições particulares da Capital com polos no interior também participam do Vale Universidade, informou a superintendente do programa, Eliane Medeiros Alcaraz.

Os candidatos selecionados terão 90% do curso subsidiado, sendo 70% pelo governo do Estado e 20% pela instituição de ensino. Além da contrapartida de 10%, o estudante também faz parte de programas de estágio.

Com 550 vagas, inscrições para o Vale Universidade começam em fevereiro

A secretária afirmou também que o programa contará com investimento anual de R$ 15 milhões. 

Durante a assinatura do termo, Rose, que considerou o Vale Universidade como um dos melhores programas do governo atual, ressaltou que através de bolsa adquirida pode concluir o ensino superior. “Meu curso fez toda a diferença na minha vida”, enfatizou.

Elisa ressaltou o impacto do programa para os acadêmicos e suas famílias, pois os estudantes “têm a oportunidade de se firmarem no mercado de trabalho” através dos estágios.

Também participaram da solenidade diversas autoridades e representantes das instituições de ensino conveniadas. 

Jornal Midiamax