Cerca de 70% dos postos da Capital já estão sem gasolina e população corre para abastecer

O Sinpetro MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes de Mato Grosso do Sul) estima que entre 60% e 70% dos postos de combustíveis de Campo Grande já estão sem gasolina nos estoques. Em Dourados – segunda maior cidade do Estado- o número de postos sem gasolina pode chegar a 90%, […]
| 25/05/2018
- 13:10
Cerca de 70% dos postos da Capital já estão sem gasolina e população corre para abastecer

O Sinpetro MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes de Mato Grosso do Sul) estima que entre 60% e 70% dos postos de combustíveis de Campo Grande já estão sem gasolina nos estoques. Em Dourados – segunda maior cidade do Estado- o número de postos sem gasolina pode chegar a 90%, nesta sexta-feira (25).

Conforme o Sinpetro MS, em outras cidades do interior do Estado, a situação é ainda mais crítica. Chapadão do Sul, Três Lagoas e Nova Andradina já podem considerar os estoques praticamente zerados.

Segundo a entidade, o protesto dos motoristas de aplicativos, que na quinta-feira (24), bloquearam a entrada e saída na base da Petrobras, na avenida Duque de Caxias, complicou ainda mais a situação. A empresa não pode abastecer os postos de combustíveis da Capital com o que ainda restava no estoque.

Nas ruas, a população corre para abastecer os veículos. Alguns estabelecimentos já estão com as postas fechadas, colocaram tapumes, faixas e deram folga os funcionários.

No posto Alloy, na avenida Fernando Correa da Costa, formaram-se duas enormes filas. De acordo com a gerencia, a expectativa é de que a gasolina dure até o fim da manhã. O estoque de etanol segue normal e o GNV é abastecido por tubulação, não sendo afetado pela crise.

O motorista Antônio Gonçalves, 60 anos, disse que não abasteceu o veículo antes por acreditar que a greve acabaria logo. “Deixei para última hora e estão colocando pela hora da morte. Acreditava que ia terminar logo a greve”.

Geovanni Benites, 37 anos, disse que abasteceu ontem o carro e a família já até adotou estratégia para economizar, utilizando um carro e depois o outro.

Veja também

Chuva que antecede mudança drástica nas temperaturas chegou com ventos consideráveis e raios na noite...

Últimas notícias