Cotidiano

Casa dos Ventos é pichada com símbolos nazistas em Dourados

A rede de cultura ecológica Casa dos Ventos, localizada em Dourados, 230 quilômetros da Capital, foi pichada com suásticas. Em nota, a rede informou que na madrugada do dia 31 de outubro suásticas foram pichadas com tinta preta em vários locais da sede. Em nota divulgada no Facebook, a rede classificou o ato como extremamente ofensivo. […]

Raira Rembi Publicado em 04/11/2018, às 10h49 - Atualizado às 16h03

None

A rede de cultura ecológica Casa dos Ventos, localizada em Dourados, 230 quilômetros da Capital, foi pichada com suásticas. Em nota, a rede informou que na madrugada do dia 31 de outubro suásticas foram pichadas com tinta preta em vários locais da sede.

Em nota divulgada no Facebook, a rede classificou o ato como extremamente ofensivo. “Consideramos este ato extremamente ofensivo e estamos tristes em ver nosso espaço atingido desta forma. Pichada com símbolos nazistas que remontam à barbárie do genocídio e da própria banalidade do mal que caracteriza os crimes de ódio contra a humanidade”.

A Casa dos Ventos ainda informou que não compactuará com atos descriminatórios e contrario aos direitos humanos. “A Casa dos Ventos não compactuará com práticas discriminatórias, nem com ofensas, seja em relação a cor, gênero, orientação sexual, etnia, religião, ou qualquer tipo de expressão contrária aos diretos humanos”.

O órgão foi fundado em 2012 e tem ações direcionadas para o fomento da arte e cultura em Dourados. Segundo a rede, as medidas jurídicas necessárias contra o ato já foram tomadas.

Confira a nota na integra:

“NOTA DE REPÚDIO E ESCLARECIMENTO
REDE CULTURAL E ECOLÓGICA CASA DOS VENTOS

Na madrugada do dia 31 de Outubro de 2018, a sede da Casa dos Ventos, foi invadida e teve suas paredes da área externa pichadas com vários símbolos da suástica. No momento da ação havia pessoas na casa dormindo, porém, nada aconteceu com as mesmas, tendo as medidas jurídicas sido tomadas.

Sabemos que o país enfrenta um momento delicado na política brasileira e que grupos extremistas vêm surgindo. Consideramos este ato, extremamente ofensivo e estamos tristes em ver nosso espaço atingido desta forma, pichada com símbolos nazistas que remontam à barbárie do genocídio e da própria banalidade do mal que caracteriza os crimes de ódio contra a humanidade.

Desde o surgimento da Casa em 2012, são direcionadas ações ao fomento da arte e cultura de nossa região. Nossa sede contribui para a formação de diversos grupos independentes das mais variadas linguagens artísticas, ecológicas e sociais. Somos um espaço de diálogo intercultural, que busca em suas ações contribuir também, para a promoção do reconhecimento às diferenças e valorização da diversidade cultural em que estamos inseridos.

A Casa dos Ventos tem uma história linda de muita resistência na arte e na cultura há seis anos no estado de Mato Grosso do Sul. Durante este tempo de existência, já passamos por muitos desafios para nos mantermos ativos e firmes nas propostas que executamos. Hoje a Casa dos Ventos é referência no estado, sendo considerada a primeira casa colaborativa de artes integradas e eco-educativas. Criamos também, a primeira residência artística do estado e somos reconhecidos pelo Ministério da cultura como o único Ponto de Cultura de REDE de MS.

Na teia de nossa rede, sempre nos permitimos sentir as veias pulsantes de nossa América Latina, com muitas pessoas de diversos países, culturas e modos de pensar e de ser diferentes dos nossos já passaram por aqui. Nunca negamos o apoio ou fechamos nossos portões para quem nos procura e também nunca fomentamos nenhuma ação que promovesse atos de violência, ódio, racismos e discriminação. Respeitamos a opinião do outro e acreditamos na força da união das diferenças, na promoção dos princípios básicos de direitos humanos e no acesso à arte e cultura como meio de educação e melhoria da qualidade de vida.

As portas continuam abertas para todxs. Queremos mais uma vez ressaltar que sempre respeitamos cada pessoa. Desde crianças aos anciãos e que a Casa dos Ventos não compactuará com práticas discriminatórias, nem com ofensas, seja em relação a cor, gênero, orientação sexual, etnia, religião, ou qualquer tipo de expressão contrária aos diretos humanos.

Por fim, agradecemos à todxs que desde o atentado vem nos dando apoio e nos auxiliando a nos sentirmos menos sozinhos nesse mundo tão cheio de ódio e violência.

Por um mundo com mais respeito, arte e cultura!

Rede Cultural e Ecológica CASA DOS VENTOS “.

Jornal Midiamax