Cotidiano

Câmara aprova projeto que prevê 863 vagas para médicos em Campo Grande

Vagas serão preenchidas por concurso público

Joaquim Padilha Publicado em 16/07/2018, às 12h08

None
medicos.jpg

A Câmara Municipal de Campo Grande aprovou na última quinta-feira (12) o projeto de lei da Prefeitura que cria 863 cargos para médicos efetivos do município, que devem ser preenchidos por concurso público.

O projeto, com o número de vagas, foi publicado nesta segunda-feira (16) no Diário Oficial da Câmara. Segundo a proposta, todos os cargos médicos criados terão carga horária de 24h semanais.

As vagas deverão ser preenchidas mediante um concurso público. A Prefeitura vem anunciando a intenção de abrir um concurso para médicos da rede pública desde o primeiro semestre.

De acordo com a Prefeitura, a realização do concurso e contratação dos 863 médicos não deve gerar impacto na folha de pagamento, uma vez que aqueles que trabalham na rede municipal como convocados serão substituídos pelos concursados.

Ainda em junho, a Prefeitura de Campo Grande sancionou outro projeto de lei que autoriza a realização de concurso público para compor o quadro permanente da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Jornal Midiamax