Cotidiano

Bombeiros resgatam tamanduá-mirim e jiboia que ‘passeavam’ no fim de semana

O Corpo de Bombeiros teve trabalho com os animais silvestres no último domingo (8), em Corumbá – cidade a 450 quilômetros de Campo Grande. A corporação foi acionada para resgatar um tamanduá-mirim e uma jiboia que “passeavam” pela área urbana do município. A primeira ocorrência foi às 11h30, em frente ao saguão do aeroporto, onde […]

Wendy Tonhati Publicado em 09/07/2018, às 08h55 - Atualizado em 10/07/2018, às 08h28

None

O Corpo de Bombeiros teve trabalho com os animais silvestres no último domingo (8), em Corumbá – cidade a 450 quilômetros de Campo Grande. A corporação foi acionada para resgatar um tamanduá-mirim e uma jiboia que “passeavam” pela área urbana do município.

A primeira ocorrência foi às 11h30, em frente ao saguão do aeroporto, onde estava um tamanduá-mirim. Segundo o Corpo de Bombeiros, o animal não apresentava lesões e foi solto em área de proteção ambiental – fora da cidade.

O tamanduá-mirim é um mamífero que tem peso em torno de sete quilos e mede de 45 a 85 cm de comprimento corporal e uma cauda com 40 a 65 centímetros. No Brasil, a espécie se apresenta em praticamente todo o território nacional.Bombeiros resgatam tamanduá-mirim e jiboia que ‘passeavam’ no fim de semana

O segundo resgate ocorreu por volta das 13 horas. Uma moradora acionou os militares ao encontrar uma jiboia no meio da pista. A corporação capturou a cobra, que mede aproximadamente dois metros de comprimento. A jiboia também foi solta em área de preservação.

Jornal Midiamax