Cotidiano

Aulas em escolas municipais de Três Lagoas são suspensas até normalização do abastecimento

As aulas nas escolas municipais de Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande – foram suspensas nesta quarta-feira (30). A decisão foi tomada por conta da greve dos caminhoneiros que afetou o abastecimento de combustível na cidade. Os postos estavam sem ser abastecidos desde a semana passada e, somente na última terça-feira (29), […]

Wendy Tonhati Publicado em 30/05/2018, às 12h09

Prefeitura de Três Lagoas (Foto: Divulgação)
Prefeitura de Três Lagoas (Foto: Divulgação) - Prefeitura de Três Lagoas (Foto: Divulgação)

As aulas nas escolas municipais de Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande – foram suspensas nesta quarta-feira (30). A decisão foi tomada por conta da greve dos caminhoneiros que afetou o abastecimento de combustível na cidade. Os postos estavam sem ser abastecidos desde a semana passada e, somente na última terça-feira (29), as carretas com combustíveis começaram a chegar na cidade.

A paralisação nas aulas foi confirmada após reunião de secretários com o prefeito municipal da cidade. Além da Educação, setores da Saúde e da administração municipal tiveram os atendimentos alterados. Até que a situação seja normalizada.

De acordo com a prefeitura da cidade, as escolas, CEIs (Centros de Educação Infantil) e Programa AABB, ficam com aulas suspensas até a normalização do abastecimento em geral.

Na Saúde, parte dos funcionários farão revezamento do horário. Os servidores que trabalham em esquema de plantão seguem o cronograma normalmente.

O mesmo esquema de trabalho será adotado para as outras áreas administravas da Prefeitura. O objetivo é garantir a continuidade dos serviços de atendimento ao público e colaborar com o abastecimento dos servidores que, devido ao deslocamento diário de casa para os seus locais de trabalho, podem ficar sem combustível.

O setor de tributação municipal, trabalhará normalmente dentro do horário de expediente atual.
Na Assistência Social, serão mantidos em funcionamento apenas as Unidades de Acolhimento de Crianças e Adolescentes e Acolhimento Pop (Albergue).

Os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), para crianças, adolescentes e idosos, ou seja, SCFV Tia Nega, Bombeiros do Amanhã, Patrulha Mirim do Trânsito, Pelotão Mirim, Banda Marcial Cristo Redentor, Patrulha Florestinha e Centro de Referência em Assistência Social e Educacional – CRASE “Coração de Mãe”, seguem com atividades suspensas até segunda ordem.

Jornal Midiamax