Cotidiano

Alunos da Uniderp preparam protesto para audiência pública na Câmara

Universidade é recordista de reclamações no Procon

Maisse Cunha Publicado em 23/03/2018, às 17h25

None

Universidade é recordista de reclamações no Procon

Grupo de estudantes da Uniderp/Anhanguera planeja uma manifestação para o dia 6 de abril, data em que os problemas envolvendo a universidade serão discutidos em Audiência Pública na Câmara Municipal de Campo Grande. Dentre as principais reclamações dos acadêmicos estão a cobrança indevida e abusiva e a discrepância de valores do Fies.

“Tem aluno que tem Fies 100% e mesmo assim consta no sistema como devedor da universidade. Essa situação e a indiferença da instituição para com os alunos é inadmissível e precisamos de uma solução imediata”, relata a acadêmica do 7º semestre de Odontologia, Adna Dantas Diniz, organizadora do protesto.Alunos da Uniderp preparam protesto para audiência pública na Câmara

Para a manifestação, que terá início às 7h, são esperados pela organização ao menos 300 alunos. De acordo com Gabriel Lima Guilhem, acadêmico de pedagogia e direito e presidente da atlética das licenciaturas, os estudantes se concentrarão nas dependências da universidade e, a partir das 7h, tomarão as ruas em direção à Câmara Municipal.

“Estaremos ocupando a faixa de pedestres da avenida Ceará, onde ficaremos por, aproximadamente, duas horas, até seguirmos em caminhada com destino à audiência pública da Câmara”, diz. Neste trajeto, a Agetran (Agência Municipal de Trânsito), dará suporte aos alunos.

A dificuldade, conforme Gabriel, é a própria mobilização estudantil na universidade. Com tantos problemas – além da dificuldade de resolvê-los internamente -, os estudantes já ficaram ‘calejados’ e, agora, evitam o desgaste. “Algumas atléticas estão até fazendo contramanifestação”, lamenta o estudante.

Ele conta que os colegas já estão preparados para discutir os problemas elencados em reclamações do Procon estadual, na presença de advogados, autoridades e representantes da Kroton, que comanda a Uniderp, na audiência pública da Casa de Leis.

Números do Procon

Conforme noticiou o Jornal Midiamax em 13 de março, das 1,1 mil reclamações registradas, em 2017, contra instituições de ensino no órgão, quase metade delas foi direcionada à Uniderp na unidade da avenida Ceará, somando 544 atendimentos no período em questão.

Conforme dados estatísticos do Procon, a unidade chegou a 13ª posição no ranking de instituições de ensino com maior número de reclamações dos consumidores em 2017. Nos três primeiros meses de 2018, o órgão de Defesa do Consumidor já registrou 163 atendimentos em desfavor da universidade, o que a coloca na 5ª posição no ranking geral de instituições de ensino.

A audiência pública foi convocada pela Comissão Permanente de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal e terá início às 9 horas. De acordo com o presidente da Comissão, vereador Papy (SD), participarão membros do MPE-MS (Ministério Público Estadual), do Procon, da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil), da Defensoria Pública, o reitor e os acadêmicos da universidade.

A Casa de Leis fica localizada na avenida Ricardo Brandão, 1.600, Jatiuka Park, próximo ao Shopping Campo Grande.

Jornal Midiamax