Cotidiano

A 10 dias do evento, bonitenses reivindicam participação no Festival de Inverno

Os moradores de Bonito, a 300 km de Campo Grande, pedem participação na construção e organização do Festival de Inverno, que acontece dentro de duas semanas. Com programação cultural entre os dias 26 e 29 de julho, o Festival é um dos principais eventos da cidade e conta apenas com mão de obra contratada de outras cidades, segundo moradores.

Mylena Rocha Publicado em 16/07/2018, às 12h12

O FIB é um dos principais eventos no município e atrai milhares de turistas. (Foto: Fundação de Cultura)
O FIB é um dos principais eventos no município e atrai milhares de turistas. (Foto: Fundação de Cultura) - O FIB é um dos principais eventos no município e atrai milhares de turistas. (Foto: Fundação de Cultura)

Os moradores de Bonito, a 300 km de Campo Grande, pedem participação na construção e organização do Festival de Inverno, que acontece dentro de 10 dias. Com programação cultural entre os dias 26 e 29 de julho, o Festival é um dos principais eventos da cidade e conta apenas com mão de obra contratada de outras cidades, segundo moradores.

Em posts nas redes sociais, os moradores da cidade têm publicado vídeos em que pedem para participar da construção do Festival. Segundo bonitenses, o Governo do Estado contrata trabalhadores de outros locais, quando poderiam empregar a comunidade local. “Quero que a nossa população possa participar, ajudar, que possa ficar o dinheiro envolvido na nossa cidade. Por que nossos governantes trazem pessoas de fora até para limpeza? Nós temos pessoas aptas para decoração, artesões, artistas plásticos. Queremos audiência pública junto aos governantes”, afirma uma das moradoras. O Governo do Estado informa que só contrata por meio de licitação.

O Fórum Municipal de Cultura de Bonito protocolou documento em que pede a participação de trabalhadores bonitenses no Festival. A presidente do Fórum, Fernanda Reverdito, explica que a população conseguiu apoio de alguns vereadores em audiência na Câmara Municipal, quando lhes foram concedidas 4 vagas na produção.

“Queremos mais, gostaríamos de estar nesta construção desde o começo, a população de Bonito só sabe em cima da hora sobre tudo: as propostas, o festival, a elaboração. Queremos transparência, nos sentimos turistas dentro de um festival que deveria ser nosso”, diz. Fernanda afirma que o Fórum ainda protocolou o pedido ao Governo do Estado e produtores do Festival.

No início do mês, a FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul) divulgou um termo de parceria para repasse de R$ 1,5 milhão para realização do 19º Festival de Inverno de Bonito. O termo foi assinado com o Instituto de Cultura e Desenvolvimento Solidário Máxima Social, que venceu processo seletivo para gerenciar a execução do Festival. O valor deve cobrir todas as despesas do Instituto com o projeto.

Jornal Midiamax