Cotidiano

Carro zero é atrativo, mas lazer gratuito também leva pessoas à festa

Para quem está na Praça do Rádio Clube, comparecer à Festa do Trabalhador é a principal pedida, já que além de shows regionais e da dupla sertaneja Munhoz e Mariano - tudo gratuito - também haverá sorteio de carro zero e de duas motos.

Guilherme Cavalcante Publicado em 01/05/2018, às 17h18 - Atualizado em 02/05/2018, às 11h18

Cerca de 40 mil são esperados na Festa do Trabalhador, na Praça do Rádio (Foto: Mylena Rocha/Midiamax)
Cerca de 40 mil são esperados na Festa do Trabalhador, na Praça do Rádio (Foto: Mylena Rocha/Midiamax) - Cerca de 40 mil são esperados na Festa do Trabalhador, na Praça do Rádio (Foto: Mylena Rocha/Midiamax)

O que fazer no feriado do Dia do Trabalhador, celebrado nesta terça-feira, 1º de maio? Para quem está na Praça do Rádio Clube, comparecer à Festa do Trabalhador é a principal pedida, já que além de shows regionais e da dupla sertaneja Munhoz e Mariano – tudo gratuito – também haverá sorteio de carro zero e de duas motos.

Carro zero é atrativo, mas lazer gratuito também leva pessoas à festa
Amigas foram atraídas à festa por shows e sorteios (Foto: Mylena Rocha/Midiamax)

Só que, por trás dos festejos organizados pela Força Sindical de Mato Grosso do Sul, com apoio do Governo do Estado, há também uma verdade presente na fala de todos os entrevistados: faltam atividades culturais gratuitas na Capital sul-mato-grossense.

“Se não tivesse esse evento, a gente ia ficar em casa tomando tereré”, brincam as amigas Adriana Castilho, Vitorina Franco e Helena Ximenes, que chegaram ao local por volta das 14h, após uma delas falar do show gratuito da dupla sertaneja. Curiosamente, as três estão desempregadas.

“É uma oportunidade legal, evento bacana e gratuito, pra gente se distrair e ver pessoas novas. A gente trouxe essa manta pra sentar em cima e bastante tereré, vamos passar a tarde inteira, até o show. Também queremos tentar a sorte com o sorteio”, contam as amigas.

Carro zero é atrativo, mas lazer gratuito também leva pessoas à festa
Kelly Cristina e o marido gostaram da proposta de lazer (Foto: Mylena Rocha/Midiamax)

Da mesma forma, Kelly Cristina dos Santos e o esposo, Rodrigo Tabor, foram atraídos ao centro da cidade pela possibilidade de fazer algo diferente no feriado. “A gente veio para ter um lazer em família e para poder participar do sorteio. Acho que é bem divertido e agradável, não teve nenhuma bagunça ou confusão. Se não tivesse esse evento, a gente estaria numa rede tomando tereré”, conta Kelly, que está desempregada.

“Falam que em Campo Grande tem muita oportunidade, mas não é bem assim. Depois que tive minha segunda filha, ninguém mais quer me dar emprego”, conta Kelly, que também levou as filhas de 5 e 4 anos à praça.

Carro zero é atrativo, mas lazer gratuito também leva pessoas à festa
Ponto de troca de cupons (Foto: Mylena Rocha/Midiamax)

Lazer gratuito

A possibilidade de sair da praça com carro zero, motos ou pelo menos de se divertir com shows gratuitos certamente atrai muita gente ao local. A expectativa é reunir cerca de 40 mil pessoas. No evento, serão sorteados um carro e duas motos – o trabalhador que quiser concorrer aos prêmios tem que doar alimentos não perecíveis, que posteriormente serão entregues em entidades assistenciais. Um quilo de alimento equivale a cinco cupons para o sorteio.

Carro zero é atrativo, mas lazer gratuito também leva pessoas à festa
Lucineide tem mais de 140 cupons (Foto: Mylena Rocha/Midiamax)

A empregada doméstica Lucineide Caetano de Jesus, dou dezenas de quilos de alimento, que resultaram e mais de 140 cupons. Ela compareceu à Praça do Rádio Clube às 7h da manhã, na companhia do marido e da neta. Na “bagagem”, trouxe cerveja, frutas, água, sucos e salgadinhos. “A gente quer ver o show do Munhoz e Mariano e pra falar a verdade, tô confiante que vou levar esse carro”, brinca a trabalhadora.

Lucineide chegou cedo porque, segundo suas experiências anteriores, chegar tarde era sinônimo de ficar em pé. “Estava muito lotado e não tinha lugar pra sentar. Cheguei cedo e garanti esse lugar na grama”, conta. É um dia muito bom e especial. Você vê um movimento de pessoas diferente, é uma sensação gostosa. É um lazer, porque a gente está acostumada de ir de casa pro trabalho e não ver ninguém”, comenta.

Carro zero é atrativo, mas lazer gratuito também leva pessoas à festa
Maria de Lourdes levou mãe e filha para a Praça do Rádio (Foto: Mylena Rocha/Midiamax)

A aposentada Maria de Lourdes também foi atraída pela proposta de diversão gratuita e, claro, de sair motorizada do evento. Acompanhada da mãe e da filha, ela depositou 50 cupons na urna. “É uma atividade diferente, onde a gente vê pessoas diferentes. Se eu não estivesse aqui, com certeza estaria em casa dormindo. Estou com muita expectativa de ganhar a moto. Ou quem sabe o carro”, torce a aposentada.

Jornal Midiamax