Cotidiano

Torneira aberta, Aquário e falta de sexo: tudo o que você precisa saber

Confira as principais notícias para ficar bem informado  

Midiamax Publicado em 29/09/2017, às 08h00

None

Confira as principais notícias para ficar bem informado

A estiagem fez o campo-grandense consumir 1 bilhão a mais de litros de água. E quem manteve as torneiras dos gastos públicos aberta, na construção do Aquário do Pantanal, pode ter R$ 140 milhões bloqueados. Tem ainda informação sobre concurso público e histórias curiosas, como de uma jovem de 25 anos que esfaqueou o marido, de 40, porque eles não estariam mantendo relações sexuais. Confira tudo o que você precisa saber para começar a sexta-feira (29) bem informado.

Torneira aberta

A estiagem, superior a 100 dias, fez Campo Grande consumir mais 1 bilhão de litros de água. A média mensal, que é de 7 bilhões, saltou para 8 bilhões. Isso porque, a população usa mais água para combater o calor. 

Aquário

Para o Ministério Público, quem manteve a torneira aberta dos gastos públicos foram os oito denunciados por suposto desvio de dinheiro público na obra do Aquário do Pantanal, em Campo Grande. A força-tarefa da Lama Asfáltica pediu a ampliação do bloqueio de R$ 10,7 milhões para R$ 140,2 milhões de cada um deles. 

Punição

​Uma jovem de 25 anos esfaqueou o marido, de 40, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande. O motivo? Falta de sexo. 

Prova plantada?

Policiais militares encontraram 12 tabletes de maconha na carroceria de uma caminhonete usada por um agente penitenciário. Vigilantes flagraram um homem rondando o veículo e escondendo algo na parte traseira, e o servidor garante que se trata de ‘prova plantada’ para incriminá-lo. 

Desconto no IPTU

Quem tem débito de IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) em Campo Grande poderá conseguir desconto de até 90% para quitar a dívida à vista. A proposta foi aprovada na quinta-feira (28) pelos vereadores. 

Morte

Um homem viu o pai morrer soterrado em Sete Quedas (a 459 quilômetros de Campo Grande), na quarta-feira (27). O silo de milho estourou e ele não conseguiu fugir. 

Concurso adiado

A Câmara de Vereadores de Campo Grande adiou para até 9 de novembro o fim do período de inscrições para o concurso público da Casa, com 70 vagas e salários de até R$ 2,8 mil. A data da prova também sofreu alteração. 

Proibido contratar

A Prefeitura está proibida de renovar contratos de professores temporários e realizar novas contratações, sob pena de multa diária de R$ 5 mil. O juiz Alexandre Antunes da Silva atendeu parcialmente ação ajuizada pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual), motivada por concursados que aguardam convocação. 

Pró-Temer

Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) foi escolhido relator da denúncia contra o presidente Michel Temer na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara Federal. O deputado tucano votou pela rejeição da primeira denúncia contra Temer, por crime de corrupção passiva, no dia 2 de agosto. 

Jornal Midiamax