Problema ocorre há cerca de uma década

Sem asfalto e drenagem, as crateras na Rua Jarauçu, localizada no Jardim Colúmbia, às margens da BR-163, na região norte de , tomam proporções cada vez maiores. A via deveria dar acesso a vários estabelecimentos comerciais, incluindo até mesmo um hotel, porém, com tantos buracos os empresários afirmam que não conseguem chegar aos seus comércios e os veículos são deixados a até 200 metros do local de trabalho.

O problema, conforme as informações, ocorre há cerca de uma década e provoca prejuízos a quem investiu empreendimentos a região. “Essa questão é antiga e até hoje não virou em nada. Já não conseguimos passar com carro por aqui. Deixamos o veículo e temos de seguir a pé e o mesmo acontece com nossos clientes”, relata a comerciante Suzana Sandim, de 42 anos. 

Dona de um estabelecimento comercial na região, há nove anos, Suzana diz que o problema sempre existiu, mas observa que a situação tem se agravado com o passar do tempo. “A rua está cada vez pior, nos sentimos esquecidos. Creio que serão tomadas providências, mas a cidade está cheia de problemas com buracos. Não sabemos quando teremos uma solução”

Em fevereiro de 2016, período de bastante chuva, os comerciantes também chamaram a atenção para a situação do local. Na ocasião, a assessoria de comunicação da Prefeitura disse que uma equipe da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) faria um levantamento para saber qual é o procedimento a ser tomado a respeito do problema, no entanto, os comerciantes garantem que não houve providências. 

Na manhã desta terça-feira (3), a assessoria de comunicação do Município destacou que o prefeito Marquinhos Trad (PSD) realizou uma reunião, nessa segunda-feira (2) com representantes das empresas Selco, Pavitec e Wala Engenharia, que mantêm sete frentes de serviço de tapa-buracos pela cidade e que até a próxima sexta-feira (6) as obras serão reforçadas com 10 equipes. Todavia, não detalhou se a rua em questão será asfaltada e informou de que a pavimentação depende da reestruturação das equipes do município. 

A assessoria de comunicação também afirmou que, segundo levantamento feito pelo secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, se as condições climáticas forem favoráveis, cada equipe terá condição de recuperar entre 150 e 200 metros de pavimento por dia. 

WhatsApp: fale com os jornalistas 

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.