Taxistas colocam faixa de 30% de desconto para chamar cliente e competir com Uber

População pode pedir desconto por km rodado
| 26/04/2017
- 19:39
Taxistas colocam faixa de 30% de desconto para chamar cliente e competir com Uber

População pode pedir desconto por km rodado

Os taxistas de Campo Grande foram autorizados, há 20 dias, a conceder desconto de até 30% aos clientes com o objetivo de a categoria concorrer com os motoristas de . A pratica seguia tímida, mas nesta quarta-feira (26), os trabalhadores decidiram dar visibilidade e uma faixa foi colocada em um ponto, localizado na Avenida Filinto Muller, na frente do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian.

A inciativa é da comissão de taxistas auxiliares que também briga pela liberação de mais alvarás pela Prefeitura de Campo Grande. De acordo com o Geraldo Espíndola, a faixa foi colocada nesta quarta-feira (26) e perspectiva é expandir para os outros pontos de táxi da Capital. “Esperamos que mais colegas coloquem a faixa. Só assim para concorrer com o aplicativo”, explica.

No ponto, são seis taxistas e Espíndola diz que já deu para sentir a diferença neste primeiro dia. Segundo ele, o desconto é para todas as pessoas que pegarem o táxi no ponto ou solicitarem a corrida pelo telefone.

No decreto que permite os descontos, ficou estabelecido que a promoção de preços por quilômetro rodado ficará a critério de cada taxista, ou seja, apesar de poder baixar os preços, esta será uma opção do motorista do táxi.

Os preços praticados pelos taxistas da Capital na bandeira 1 é de R$ 2,80 o quilômetro rodado, e com o desconto reduziria para R$ 1,96. Na condição da bandeira 2, que custa R$ 3,20, o preço cairia para R$ 2,24. A chamada atualmente é de R$ 4,50, com exceção do aeroporto, onde é cobrado R$ 8,75.

Veja também

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 9,4% em abril deste ano, o menor...

Últimas notícias