Cotidiano

Solurb não paga e funcionários interrompem coleta de lixo na Capital

Trabalhadores participam de assembleia com sindicato

Midiamax Publicado em 07/04/2017, às 10h45

None
img-20170407-wa0005.jpg

Trabalhadores participam de assembleia com sindicato

Funcionários da CG Solurb Soluções Ambientais, concessionária responsável pelos serviços de limpeza urbana e manejo dos resíduos de Campo Grande, interromperam a coleta de lixo na manhã desta desta sexta-feira (7). Desde às 7 horas de hoje eles participam de uma assembleia no pátio da empresa.

Na tarde dessa quinta-feira (6), o  presidente do Steac (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso do Sul), Wilson Gomes da Costa, confirmou que os trabalhadores estão com salário e vale alimentação atrasados.

O ticket, no valor de R$ 417,00 deveria ser pago no primeiro dia útil de abril e até a manhã de hoje não foi depositado. 

Ao Solurb conta com 1.080 trabalhadores. A empresa alega ter R$ 23,8 milhões a receber do Município e justifica que por conta do atraso não foi possível realizar o pagamento dos trabalhadores.

Em nota publicada ontem, a empresa justificou que o pagamento do salário e do vale alimentação estava programado, porém, não foi efetuado em virtude de uma “determinação da Justiça do Trabalho que mandou [a empresa] devolver o recurso para a Prefeitura, por entender que acordo entre as partes já não estaria mais vigente”.

A assessoria de comunicação da empresa, destacou ainda que existe “o entendimento entre a concessionária e a Prefeitura de que o acordo está extinto, mas as obrigações descritas, relativas ao mês de março, encontram-se pendentes” e que busca, com apoio do Município, alternativa para repassar os recursos hoje.

Assembleia acontece no pátio da empresa

Jornal Midiamax