Cotidiano

Sem previsão de transferência, paciente aguarda em UPA por vaga desde sábado

Sesau informou que acompanha o caso

Raiane Carneiro Publicado em 13/12/2017, às 21h27

None

Sesau informou que acompanha o caso

Uma paciente de 55 anos, diagnosticada com pneumonia, está internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitária, aguardando por uma vaga em um CTI (Centro de Terapia Intensiva) em algum hospital de Campo Grande. Segundo a filha, a solicitação por vaga foi feita à regulação desde sábado (9), mas até esta quarta-feira (13), não há previsão para transferência. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que acompanha o caso.

A atendente Thamy Cristina da Silva dos Santos, de 30 anos, está acompanhando a mãe desde que ela deu entrada na UPA, na última sexta-feira (8). “Ela estava com crise de tosse e falta de ar. Os médicos fizeram o raio-x e viram que ela estava com pneumonia. No sábado de manhã, eles pediram encaminhamento para um hospital, mas deste sábado, estamos aguardando a vaga”, lembra.

Por conta da demora, a atendente contou que a irmã foi na Defensoria Pública na segunda-feira (11) para tentar agilizar uma vaga. “Minha irmã foi na Defensoria Pública e nada ainda”, disse. Além do diagnóstico de pneumonia, existe possibilidade de mulher ter um câncer no pulmão. “Um dos médicos que viu [os exames] disse que era câncer no pulmão, mas, para dar o diagnóstico, precisava fazer a biópsia, por isso que estamos correndo atrás com urgência”, explica.

A maior preocupação é o estado de saúde da paciente. Conforme a filha, a mãe estava inicialmente na enfermaria, mas os médicos perceberam uma piora significativa no estado de saúde, nesta quarta-feira (13). “Quando foi hoje de manhã, minha irmã me ligou e disse que a minha mãe piorou e que correram com ela para a emergência. A própria médica da emergência me disse que ela está em uma situação grave”, conta.Sem previsão de transferência, paciente aguarda em UPA por vaga desde sábado

A Sesau informou que a paciente está recebendo todo o atendimento necessário na unidade para estabilização até que seja encaminhada para um hospital. A solicitação já foi feita no Sistema de Regulação, mas a secretaria continua aguardando a liberação de uma vaga. 

Jornal Midiamax