Cotidiano

Repórter do Midiamax mostra como índias sustentam a família e leva prêmio do MPT

Reportagem finalista mostra vida de comerciantes indígenas da Capital

Joaquim Padilha Publicado em 18/08/2017, às 11h13

None

Reportagem finalista mostra vida de comerciantes indígenas da Capital

Cleber Gellio, repórter do Jornal Midiamax, mostrou como vivem as índias que sustentam famílias vendendo o que produzem nas ruas de Campo Grande com a reportagem multimídia De bacia na cabeça, feirantes terenas resistem ao comércio de rua. E, com o trabalho jornalístico, foi o vencedor nacional do Prêmio MPT de Jornalismo 2017 na categoria fotojornalismo.

A premiação ocorreu nesta quinta-feira (17), em Brasília, na sede do MPT (Ministério Público do Trabalho). O jornalista recebeu R$ 15 mil pela produção da reportagem.

Produzida em um vídeo de 10 minutos, a reportagem foi publicada no Jornal Midiamax em dezembro de 2016, e conta a história das comerciantes indígenas que trabalham nas ruas de Campo Grande, e que há 40 anos mantém o sustento de suas famílias por meio da venda de produtos agrícolas e do artesanato.Repórter do Midiamax mostra como índias sustentam a família e leva prêmio do MPT

Gellio foi um dos 34 finalistas da etapa nacional do Prêmio MPT de Jornalismo 2017, que teve mais de 420 inscrições para oito modalidades: jornal impresso, revista impressa, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo, universitário e repórter cinematográfico.

O Prêmio MPT de Jornalismo tem o objetivo de divulgar materiais jornalísticos que conscientizem a população sobre os direitos do trabalhador, com reportagens sobre trabalho infantil, discriminação e condições inadequadas e precárias de trabalho, entre outros temas.

Assista abaixo ao vídeo da reportagem produzida por Gellio:

Jornal Midiamax