Receita Federal apreende R$ 30 mil em produtos ilegais em Corumbá

Roupas, alimentos e outros artigos foram levados
| 30/04/2017
- 14:41
Receita Federal apreende R$ 30 mil em produtos ilegais em Corumbá

Roupas, alimentos e outros artigos foram levados

A em Corumbá, a 444 km de Campo Grande, apreendeu R$ 30 mil em produtos que podem ter origem ilegal. A apreensão ocorreu na sexta-feira (28) e três lojas foram abordadas. Alimentos, roupas e diversos artigos foram levados pela Receita.

Conforme o site Diário Online, são 11 empresas que recebem a inspeção da Receita desde janeiro. Desde o início das inspeções já foram apreendidos R$ 150 mil em produtos. Após a apreensão dos artigos com origem suspeita, a Receita avalia se há produtos de descaminho ou mesmo contrabandeados.

Ao Diário Online, o auditor fiscal Thiago Lessa Mendes, esclareceu que foram averiguados produtos de gênero alimentício, de higiene pessoal, utilidades domésticas, mochilas, vestuário, bebidas, brinquedos, mantas e até cigarros.

Até fogs de artifício foram encontrados nas lojas, mas a comercialização desses produtos é restrita e proibida por lei nesses locais. Conforme explicou ao portal, não houve denúncias para a Receita Federal chegar até essas lojas e a fiscalização foi rotineira.

“Estamos procurando produtos de descaminho ou contrabando. Geralmente, quando é roupa, já vem com indícios de contrafação, aí a gente já entra como contrabando. Aqui é uma área de comércio popular e na verdade existia a feira Brasbol aqui na frente e muita gente acabou migrando para essas lojas, então, a gente sempre faz uma observação nesses locais e hoje foi o dia de fazer essa operação aqui na Edu Rocha”, esclareceu o auditor fiscal.

 “Estão entrando aqui muitos cigarros, que é mais comum no Paraguai, mas temos notado o aumento de apreensões de cigarros e vestuário. Agora, que está começando o inverno, tem uma grande quantidade de manta que tem um valor alto no Brasil”, complementou.

Veja também

Auxílio Gás também é pago hoje às famílias inscritas no CadÚnico

Últimas notícias