Cotidiano

Rapaz tem 70% do corpo queimado após suposto desentendimento de casal

Companheira, de 17 anos, teve ferimentos nas pernas

Ana Paula Chuva Publicado em 04/06/2017, às 11h22

None

Companheira, de 17 anos, teve ferimentos nas pernas

Um casal precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros após sofrer queimaduras em razão de um princípio de incêndio na residência, na manhã deste domingo (04), na Vila Aimoré, em Campo Grande.  O rapaz, de aproximadamente 27 anos teve 70% do corpo queimado. A menina, uma adolescente de 17 anos, teve queimaduras nas pernas.Rapaz tem 70% do corpo queimado após suposto desentendimento de casal

De acordo com as informações dos vizinhos, após ouvirem gritos saíram para a rua e viram o rapaz gritando por socorro com o corpo cheio de ferimentos e então acionaram os bombeiros e entraram na casa. “Ele gritava: ‘Fogo, fogo, fogo’, mas não tinham chamas, só estava bem machucado”, contou um deles.

“Entramos no quarto a porta estava arrombada, e um cesto de lixo estava queimado também”, disse um rapaz de 33 anos.

As testemunhas afirmaram, ao Jornal Midiamax, que conhecem pouco o casal já que moram na casa há cerca de 4 meses apenas.  Já aos bombeiros teriam afirmado que as brigas entre o casal são constantes e por isso acreditam que o incêndio teria sido provocado durante um desentendimento.

O tenente Vinicius Frotte informou que ainda não se sabe a circunstância do acidente  e que quando chegaram ao local já não haviam mais chamas, apenas as vítimas machucadas. “Os vizinhos disseram que o casal brigava muito, e pela logística do acidente pode ter sido sim depois de uma discussão, mas não podemos dar certeza”, disse.

Eles disseram que estariam tentando contato com as famílias das vítimas que foram socorridas e encaminhadas para a Santa Casa.

Ainda segundo o tenente, foram encontrados no local um isqueiro e bebidas alcoólicas. 

Jornal Midiamax