Cotidiano

Produtor que teve corpo queimado após trator explodir está na UTI de hospital

Teve 60% do corpo queimado

Thatiana Melo Publicado em 09/08/2017, às 13h05

None

Teve 60% do corpo queimado

O produtor rural, Edmilson Vincensi, que teve 60% do corpo queimado – e não 80% como dito anteriormente – está em estado grave na Santa Casa de Campo Grande na UTI do hospital. Ele foi transferido de Maracaju nesta terça-feira (8), após o acidente.

A assessoria do hospital disse que o produtor rural teve queimaduras de 1º e 2º graus nos membros superiores, vias aéreas, num total de 60% do corpo queimado. Ele está sedado e entubado e seu estado de saúde é considerado grave.

Edmilson tentava retirar um trator do meio de um incêndio quando o veículo explodiu atingindo o produtor. O incêndio na fazenda do produtor começou por volta das 14 horas desta terça-feira (8) e destruiu pastagens e plantações de milho.

Os bombeiros foram acionados e tiveram a ajuda de aviões agrícolas para resfriar as áreas atingidas pelo fogo. Os aviões foram fornecidos por empresas locais com apoio de empresários e do Sindicato Rural que forneceram combustível para as aeronaves lançarem água sobre as chamas.Produtor que teve corpo queimado após trator explodir está na UTI de hospital

O fogo ainda teria se alastrado para as terras da Aldeia Indígena Sucuri’y, acima da ponte sobre o Rio Cachoeirão, a cerca de 6 km da sede do município, na região da Fazenda Alegria

Jornal Midiamax