​Prepare os casacos: previsão é de 9 ºC e risco de tempestades com frente fria

Alerta emitido nesta terça atinge 54 cidades de MS
| 25/04/2017
- 21:49
​Prepare os casacos: previsão é de 9 ºC e risco de tempestades com frente fria

Alerta emitido nesta terça atinge 54 cidades de MS

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta para tempestades em 54 municípios de Mato Grosso do Sul, entre eles Campo Grande, Corumbá, Dourados, Bonito e Ponta Porã. O aviso começa a valer no final da tarde desta terça-feira (25) e vai até às 16h desta quarta-feira (26), quanto a avançará para as regiões sul e centro do estado.

Na quarta-feira, a previsão é de que as temperaturas permaneçam altas com um leve declínio, em todo o estado. A máxima chega aos 33ºC e a mínima nos 14ºC no interior, a umidade relativa do ar varia entre 50% a 95%. O tempo será nublado e com pancadas de durante a madrugada.  

Já na Capital as pancadas de chuva serão principalmente no período da tarde. As temperaturas variam entre 27ºC a máxima e 19ºC a mínima. A umidade relativa do ar pode atingir os 95%.

Para a quinta-feira (27), o tempo permanecerá nublado em todo o estado e as temperaturas continuam em declínio. Na Capital as pancadas de chuva devem acontecer durante a madrugada, a temperatura máxima baixa para 19°C e a mínima para 15ºC. No interior as temperaturas variam entre 26ºC a máxima e 12ºC a mínima. A umidade relativa do ar pode atingir os 95%.

A sexta-feira (28), vem com tempo nublado e chuva em áreas isoladas, mas as temperaturas começaram a subir. NO interior a máxima sobe para os 30ºC e a mínima baixará para 9ºC. A umidade relativa do ar varia entre 30 e 90%. Na Capital, a máxima será de 24ºC e a mínima 14ºC. A umidade relativa do ar fica entre 70% e 95%.

O sábado (29), vem com o tempo variando de parcialmente nublado a claro e com temperaturas mais altas em todo o estado. Em Campo Grande, a máxima chega aos 26ºC e a mínima 15ºC. No interior a máxima volta para a casa dos 32ºC e a mínima em 14ºC. A umidade relativa do ar pode chegar aos 95%.

 

 

 

Veja também

Trechos serão liberados entre terça e quarta

Últimas notícias